Esportes: Sánchez diz que Santos está ‘mais ou menos’ e afirma: “Ninguém acredita que vamos lutar até o final”

Fonte: Gazeta Esportiva | Foto: Cortesia.

Carlos Sánchez concedeu entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira, no CT Rei Pelé, analisou o momento de oscilação do Santos no Campeonato Brasileiro.

O uruguaio classificou a situação como “mais ou menos menos” após tropeços na Vila Belmiro para Fortaleza e Athletico-PR e afirmou que não estão acreditando no Peixe como campeão.

O Alvinegro terá a chance de ser “campeão” do turno se vencer o Flamengo no próximo sábado, na Maracanã, pela 19ª rodada. O Peixe está a dois pontos do Rubro-Negro.

“Temos muita vontade (de retomar a liderança). Temos que crescer como time pela ilusão de conquistarmos. Não é um momento ruim, é mais ou menos, e temos que passar a bom. Temos que melhorar e conseguir três pontos”, disse Sánchez.“Ninguém acredita que Santos vai lutar até o final. Isso se olha, se escuta, que Santos vai cair… E nós temos confiança, pensamos o inverso do que a maioria pensa. Estamos com muita força para conseguir coisas importantes. Caminho é largo, mas nosso sonho é grande e isso ninguém nos tira. Será difícil, mas temos que ser protagonistas. Como Sampaoli fala no dia a dia, temos que desfrutar o momento que vivemos. Não é sempre que se disputa um título. Temos que alimentar esse sonho do Brasileirão. Não tivemos grandes contratações, mas os jogadores que estão aqui querem conseguir coisas importantes e estamos aqui para isso. Conquistar depois de tanto tempo seria lindo. Temos que ser protagonistas e conquistar. Estamos em um time grande e mesmo que pensem o contrário, pensamos em dar o melhor e temos que dar o máximo em cada torneio”, completou.

O Santos venceu um dos últimos cinco jogos. O Peixe venceu a Chapecoense, empatou com Athletico-PR e Fortaleza e perdeu para Cruzeiro e São Paulo.

Politica: Câmara deve votar projeto que garante benefícios a vítimas de Brumadinho

FONTE: CONGRESSO EM FOCO | FOTO: CORTESIA.

Brumadinho MG 28 01 2019-Tragedia na cidade de Brumadinho em Minas Gerais bombeiros trabalham na localização de vitimas.Foto Ricardo Stuckert

Câmara dos Deputados busca garantir benefícios para vítimas da tragédia de BrumadinhoRicardo Stuckert Ricardo StuckertRicardo Stuckert

Venceu no último domingo (8) o prazo de validade da medida provisória (MP) que garantia às famílias vítimas da tragédia de Brumadinho o recebimento dos valores pagos pela Vale, sem que isso fosse considerado no cálculo de renda familiar mensal, o que garantia aos indenizados a possibilidade de continuar recebendo recursos de programas como Bolsa Família, Benefício de Prestação Continuada e de Renda Mensal Vitalícia. Para manter os benefícios às vítimas, a Câmara deve votar até esta quinta-feira (12) um projeto de lei que exclui os valores recebidos em decorrência do rompimento de barragem de rejeitos de mineração em Brumadinho, em 25 de janeiro, do cálculo da renda mensal.

A proposta (PL 4915/2019) é de autoria do coordenador da Comissão de Barragens da Câmara, Zé Silva (Solidariedade-MG). “O meu projeto de lei permite que a indenização não venha a compor a renda das famílias e elas possam continuar a receber o BPC, o Bolsa Família e outros benefícios sociais para famílias de baixa renda”, afirma o relator.

Até dezembro as famílias receberão da Vale o auxílio emergencial, que varia entre R$ 250,00 e R$ 1.000,00 por pessoa.Leia mais

CPI de Brumadinho pede indiciamento de 14 por homicídio (veja lista)2 jul, 2019

Novo explica voto em projeto sobre barragens27 jun, 2019

“Ninguém gostaria de estar recebendo indenização por ter perdido um ente querido ou ter o seu patrimônio todo destruído pela tragédia ou crime de Brumadinho”, afirma o deputado.

Esse projeto está sendo encarado como uma ação emergencial da Câmara para que as famílias mantenham os benefícios. “É uma ação imediata que nós fizemos e houve uma sinalização positiva de todos os líderes partidários e na quinta-feira será votado por acordo”, diz o parlamentar.

Pelos cálculos da equipe do deputado Zé Silva, ao menos 400 parlamentares estão apoiando a iniciativa, que após passar pela Câmara, deverá ser avaliada pelo Senado.

> Major Olimpio critica PSL, mas diz que vai “resistir e ficar no partido

Serra Talhada-PE: Vereador Manoel Enfermeiro comanda Pauta em Foco na casa Joaquim de Souza Melo, e fala a Importância da Festa de Setembro 2019

Manoel Enfermeiro (Ilustre presidente da casa Joaquim de Souza Melo | Câmara de vereadores de Serra Talhada-PE) comanda a sessão desta segunda (09) em defesa dos Transportes Alternativos e moções de pesar.

Pre-candidato a vereador Zé Dida Gaia, é recepcionado pelo Ilustre; Presidente Manoel Enfermeiro na Sessão desta segunda(9)

Acompanhe ás falas dos Ilustres vereadores:

Serra Talhada: Luciano do Espetinho Preparando Festa Nestes Próximos Dias

Mini – empresário da capital do xaxado viabilizará festa em foco. Pra isso, Conta com apoio de Amigo Ilustre.

Local onde será realizado o evento (Diretor: Luciano)
Na manhã desta terça(10) acompanhamos no Bairro da malhada na Zona Oeste em cidade citada, a preparação onde será realizado nestes próximos dias uma grandiosa festa na organização do nobre Luciano com apoio do Agricultor e Sargento Reformado da PM-PE – Zé Dida Gaia.
Zé Dida Gaia | Em parceria com Nobre; Luciano
Bairro: Malhada.
Trabalho que vai Alavancar o Empresário Citado e os moradores “Evitando doença e Insetos”
Trabalho Realizado.
Tudo pronto: Falta só registrar o dia da festa e quem é a atração musical.

Suspeito é baleado e morre ao atirar contra policiais em Senhor do Bonfim

Fonte: Carlos Brito | Foto: Cortesia

Um homem morreu depois de atirar contra policiais militares e ser baleado em Senhor do Bonfim, no norte da Bahia, na madrugada de ontem (8). De acordo com o 6º Batalhão de Polícia Militar (BPM), o suspeito era apontado como autor de uma tentativa de assalto nos fundos da rodoviária da cidade, por volta das 23h40 do último sábado (7).

Momento após a tentativa de roubo, os PMs foram ao local, mas vítima já tinha deixado o ambiente e não foi localizada. Durante rondas próximo à rodoviária, dois suspeitos foram abordados, mas não estavam com nenhum material ilícito e foram liberados. Já durante a madrugada do domingo, os policiais voltaram à rodoviária e encontraram a vítima, que confirmou as características físicas dos suspeitos.

Por volta de 01h30 de domingo, foi novamente localizado um dos homens. Ao ser dado voz de parada e determinado que ele colocasse as mãos na cabeça, o mesmo sacou uma arma e efetuou disparos contra a guarnição que revidou e atingiu o suspeito. Ele foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado ao hospital da cidade, mas não resistiu.

O homem estava com um revolver calibre 22, 7 munições (sendo 2 deflagradas e 5 intactas), uma carteira contendo documentos pessoais e dinheiro não contabilizado, além de duas ‘petecas’ de cocaína. O material apreendido foi encaminhado à delegacia.

Jovem é assassinado em São Sebastião e população tenta linchar suspeito

Enquanto a Polícia Militar detinha o suspeito, moradores arremessaram garrafas contra os agentes

Fonte: Correio Brasiliense | Foto: Cortesia.

Um jovem de 19 anos morreu após ser vítima de três disparos de arma de fogo em São Sebastião. O suspeito, 21, tentou fugir, mas foi segurado por moradores da região, no Bairro Vila Nova, e agredido por alguns deles. O crime aconteceu no último domingo (8/9), por volta das 22h.

A Polícia Militar foi acionada e evitou que ele fosse linchado, mas pessoas chegaram a jogar garrafas de vidro em direção à viatura na hora da prisão. O acusado foi detido com a arma usada no crime, um revólver calibre 38, com seis munições, três intactas e três deflagradas.
O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado para o atendimento à vítima, mas o homem baleado não resistiu e morreu no local.

 

Esportes: Cazares é Procurado pela Polícia após Denúncia de Agressão contra Mulher

Fonte: Gazeta Esportiva | Ao portal Neto Gaia / Foto: Cortesia.

Juan Cazares está sendo procurado pela Polícia Militar (PM) após ter sido acusado de violência contra uma mulher. Segundo a corporação, uma pessoa ligou para o 190 dizendo que foi agredida pelo jogador do Atlético-MG.

A solicitante afirma ter sido levada por Cazares para uma casa em Lagoa Santa, região metropolitana de Belo Horizonte, e ter o celular tomado pelo jogador. A PM enviou uma viatura para o local, mas não encontrou a pessoa que fez a ligação.

Até a manhã desta segunda-feira, a mulher ainda não foi encontrada e, desta forma, não foi gerado um boletim de ocorrência. Já Cazares, após participar da partida entre Atlético-MG e Botafogo, no Rio de Janeiro, chegou a Cofins na noite de domingo, junto ao elenco atleticano.

Bolsonaro mudou comando da PF no Rio para brecar Investigação Sobre Milícias

Aparece o verdadeiro motivo da crise entre Jair Bolsonaro e o comando da PF no Rio, que teria levado à exoneração do delegado Ricardo Saad: um inquérito sobre as milícias e a lavagem de dinheiro. Há dois meses o inquperito chegou ao conhecimento de Bolsonaro, que teria ficado furioso. A crise ainda poder levar à queda do diretor -geral do órgão, Maurício Valeixo

Fonte: Jornalismo 247 | Foto: Cortesia.

247 – Aparece o verdadeiro motivo da crise entre Jair Bolsonaro e o comando da PF no Rio, que teria levado à exoneração do delegado Ricardo Saad: um inquérito sobre as milícias e a lavagem de dinheiro. Há dois meses o inquperito chegou ao conhecimento de Bolsonaro, que teria ficado furioso. A crise ainda poder levar à queda do diretor -geral do órgão, Maurício Valeixo. A informação é do jornalista André Guilherme Vieira, no Valor Econômico.PUBLICIDADE

“A PF chegou aos milicianos ao descobrir que um grupo estaria achacando doleiros investigados por lavagem de dinheiro. Apesar de mantida sob discrição, a notícia sobre a investigação teria sido transmitida ao Palácio do Planalto por policiais federais próximos de Bolsonaro”, informou o jornalista.

A notícia acendeu o sinal vermelho no clã. As relações entre os Bolsonaro e o ex-capitão do Bope Adriano Magalhães da Nóbrega, chefe do “Escritório do Crime”, no Rio, são antigas e conhecidas. Sua ex-mulher e mãe trabalharam no gabinete da Assembleia Legislativa do hoje senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ).  A mãe do miliciano participava do esquema de “rachadinha” de funcionários coordenado pelo ex-assessor Fabrício Queiroz.

Informado sobre o perfil técnico de Ricardo Saadi – que é especialista no combate a crimes financeiros e organizações criminosas -, Bolsonaro passou a dizer publicamente que o superintendente precisava ser trocado por “problemas de produtividade”. Saadi terminou exonerado no dia 30 de agosto.

A saída de Ricardo Saadi da PF do Rio marcou o início da crise do ministro Sergio Moro. A iniciativa para deixar a base fluminense da corporação foi do próprio Saadi. Mas acabou antecipada em ao menos quatro meses por decisão de Bolsonaro, alarmado com o rumo das investigações.