Gonzaga Patriota comemora renda básica emergencial para auxiliar pessoas de baixa renda durante pandemia

Deputado Federal da base do Governo aprova repasse mensal em valores –  acompanhe

Gonzaga Patriota relembra inclusão da aposentadoria dos homens e ...

O deputado federal Gonzaga Patriota (PSB-PE), que se encontra em Brasília desde o início da pandemia do coronavírus, participou, nesta quinta-feira (26), da sessão virtual da Câmara dos Deputados que aprovou um repasse mensal de R$ 500 (maior do que o desejado pelo governo, que propôs R$ 200) a pessoas com deficiência e em situação de vulnerabilidade social, como os trabalhadores informais.

SEGUI APOS PUBLICIDADE: SERRA-TALHADENSES | VAMOS FICARMOS EM CASA….

 O relator deste Projeto, deputado Marcelo Aro (PP-MG), decidiu incluir no texto o valor de R$ 500 proposta aprovada pelos deputados e deputadas, mas nesta quinta-feira (26), o presidente Jair Bolsonaro subiu esse valor para R$ 600.

O deputado Gonzaga Patriota acredita que a proposta começará a valer o mais rápido possível.

“Esta proposta começará a valer, após a sua aprovação pelo Senado Federal, que deverá acontecer ainda hoje. O valor aprovado pela Câmara dos Deputados é o dobro do que havia sido avalizado pela equipe econômica em meio às negociações com os deputados nos últimos dias. Inicialmente, o governo havia proposto um benefício de R$ 200 mensais”, explica.

Para as mães que são chefe de família (família monoparental), o projeto permite o recebimento de duas cotas do auxílio, totalizando R$ 1,2 mil.

Enquanto durar a pandemia, o Poder Executivo poderá prorrogar o pagamento do auxílio.

Requisitos


Para ter acesso ao auxílio, a pessoa deve cumprir, ao mesmo tempo, os seguintes requisitos:


– ser maior de 18 anos de idade;
– não ter emprego formal;
– não receber benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou de outro programa de transferência de renda federal que não seja o Bolsa Família;
– renda familiar mensal per capita (por pessoa) de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal total (tudo o que a família recebe) de até três salários mínimos (R$ 3.135,00); e
– não ter recebido rendimentos tributáveis, no ano de 2018, acima de R$ 28.559,70.

A pessoa candidata deverá ainda cumprir uma dessas condições:
– exercer atividade na condição de microempreendedor individual (MEI);
– ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social (RGPS);
– ser trabalhador informal inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico); ou
– ter cumprido o requisito de renda média até 20 de março de 2020.

Será permitido a duas pessoas de uma mesma família acumularem benefícios: um do auxílio emergencial e um do Bolsa Família. Se o auxílio for maior que a bolsa, a pessoa poderá fazer a opção pelo auxílio.

Já a renda média será verificada por meio do CadÚnico para os inscritos e, para os não inscritos, com autodeclaração em plataforma digital.

Na renda familiar serão considerados todos os rendimentos obtidos por todos os membros que moram na mesma residência, exceto o dinheiro do Bolsa Família.

Como o candidato ao benefício não pode ter emprego formal, o substitutivo lista o que entra neste conceito: todos os trabalhadores formalizados pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e todos os agentes públicos, independentemente da relação jurídica, inclusive os ocupantes de cargo ou função temporários, de cargo em comissão de livre nomeação e exoneração ou titulares de mandato eletivo.

Antecipação
Para pessoas com deficiência e idosos candidatos a receber o Benefício de Prestação Continuada (BPC), de um salário mínimo mensal (R$ 1.045,00), o INSS poderá antecipar o pagamento de R$ 600 (valor do auxílio emergencial) até que seja avaliado o grau de impedimento no qual se baseia o pedido ou seja concedido o benefício. Essa avaliação costuma demorar porque depende de agendamento com médicos peritos e assistentes sociais do INSS.

Quando o BPC for concedido, ele será devido desde o dia do requerimento, e o que tiver sido adiantado será descontado.

De igual forma, o órgão poderá adiantar o pagamento do auxílio-doença, no valor de um salario mínimo mensal, durante três meses contados da publicação da futura lei ou até a realização da perícia pelo INSS, o que ocorrer primeiro.

Para ter direito a esse adiantamento, o trabalhador precisará ter cumprido a carência exigida para a concessão do benefício (12 meses de contribuição) e apresentar atestado médico com requisitos e forma de análise a serem definidos em ato conjunto da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia e do INSS.

Forma de pagamento


Segundo o projeto, o auxílio emergencial será pago por bancos públicos federais por meio de uma conta do tipo poupança social digital.

Essa conta será aberta automaticamente em nome dos beneficiários, com dispensa da apresentação de documentos e isenção de tarifas de manutenção. A pessoa usuária poderá fazer ao menos uma transferência eletrônica de dinheiro por mês, sem custos, para conta bancária mantida em qualquer instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central.

A conta pode ser a mesma já usada para pagar recursos de programas sociais governamentais, como PIS/Pasep e FGTS, mas não pode permitir a emissão de cartão físico, cheques ou ordens de pagamento para sua movimentação.

Se a pessoa deixar de cumprir as condições estipuladas, o auxílio deixará de ser pago. Para fazer as verificações necessárias, os órgãos federais trocarão as informações constantes em suas bases de dados.

Com informações da Agência Câmara de Notícias

Prefeitura de Aguaí desinfecta ruas e prédios públicos “no combate contra o coronavirus”


Ação contou com o apoio dos produtores rurais de Aguaí e da Sabesp


A Prefeitura Municipal de Aguaí em prevenção ao Coronavírus realiza na noite de hoje uma desinfecção por todas as ruas da cidade, além dos prédios públicos. A ação deve acontecer uma vez por semana e só foi possível com o apoio dos produtores rurais do município, por meio do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural (CMDR), que cederam seus maquinários para a realização da ação, além do apoio também da Sabesp.

Para a limpeza foi utilizado hipoclorito de sódio (cloro), produto usado frequentemente como desinfetante e como agente alvejante e que tem o poder de matar o vírus.

A ação é uma inovação da Prefeitura de Aguaí em combate a proliferação do vírus e contou também com o apoio da Guarda Civil Municipal, da Polícia Militar e Rodoviária.

Reafirmamos a importância do isolamento social, estabelecido em Decreto, para evitar a propagação do Coronavírus.

Vamos fazer a nossa parte! #ficaemcasaaguai

Prefeito do PT morre por coronavírus no Piauí

Prefeito de São José do Divino, Antônio Nonato Lima Gomes é a primeira morte confirmada por covid-19 no Estado

Antônio Nonato Lima Gomes, conhecido como Antônio Felícia (PT). Foto: Prefeitura de São José do Divino / Divulgação

O Estado do Piauí registrou nesta sexta-feira, 27, a primeira morte por coronavírus. Trata-se do prefeito de São José do Divino.

A Secretaria de Saúde do Estado informou neste sábado, 28, que a morte do prefeito foi causada pela covid-19. O laboratório público estadual realizou dois exames para confirmar a presença do vírus. “Na manhã deste sábado, 28 de março, os exames do que testaram positivo para o novo coronavírus”, informou o governo.

O prefeito, de 57 anos, chegou a ser atendido no Hospital Dr. José Brito Magalhães, no município de Piracuruca, mas não resistiu. “Ele tinha histórico de diabetes e teve uma evolução rápida da doença”, completa o governo do Estado do Piauí.

Fonte: jornalismo terra

Rio: Deputado Estadual é Detido e levado para delegacia – Na tanca

Parlamentar estava em uma festa e se envolveu em confusão com PMs. A polícia foi acionada por causa do barulho em uma festa que estava incomodando vizinhos.

Fonte: Fernanda Rouvenat, Bom Dia Rio (Ao) Portal Neto Gaia com Edição do Meio Dia “Em Foco Com Notícia”

O deputado estadual Gustavo Schmidt (PSL) foi detido após confusão em festa Foto: Reprodução

http://oglobo.globo.com/videos/v/deputado-e-preso-quando-participava-de-festa-com-20-pessoas-em-niteroi/8436434


Deputado Gustavo Schmidt é detido em Niterói

Policiais do 12°BPM (Niterói) detiveram, no início da madrugada desta sexta-feira (27), o deputado estadual Gustavo Schmidt (PSL), suspeito de agredir um policial militar em Camboinhas, Niterói, Região Metropolitana do Rio.

Moradores de um condomínio da região se sentiram incomodados com o barulho de uma festa e acionaram a polícia. Quando os policiais chegaram, perceberam que o deputado era um dos convidados da festa.

Segundo os agentes, Gustavo estava alterado e teria agredido os agentes, chegando a quebrar o óculos de um deles. Na delegacia, o parlamentar teria desacatado a delegada que estava de plantão.

O deputado alegou que participava de uma comemoração com menos de 20 pessoas e disse que não agrediu os agentes, mas que foi agredido e agiu em legítima defesa. Gustavo ainda disse que foi ameaçado dentro da viatura pelos PMs.

A Polícia Militar informou que recebeu várias denúncias de moradores sobre a festa com aglomeração de pessoas, o que está proibido por causa da pandemia do coronavírus.

O caso foi registrado na 76ª DP (Centro).

Fonte: O Globo

Lula Complementa : “Bolsonaro chegou ao limite>>>>> Não Está pronto para Governar”

Oex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva usou as redes sociais para fazer duras críticas ao chefe do Executivo, Jair Bolsonaro. O petista afirmou que o militar da reserva “chegou ao limite da compreensão das pessoas deste país” ao minimizar os esforços que estão sendo feitos pelos governadores na luta contra o novo coronavírus.

“Eu penso que o presidente Bolsonaro chegou ao limite da compreensão das pessoas desse país. Ele, definitivamente, não está preparado para tocar o Brasil”, diz Lula em vídeo.

Lula✔@LulaOficial
ASSISTA: Lula e @Haddad_Fernando debatem a crise do coronavírus!

https://twitter.com/LulaOficial/status/1242954414127792133

Acompanhe ao vivo: https://www.facebook.com/Lula/videos/510333092917920/?vh=e&d=n … #equipeLula Facebook Watch ‎@FacebookWatch


https://www.facebook.com/Lula/videos/510333092917920/

Fernando Haddad@Haddad_Fernando·24 de marBolsonaro apostou milhares de vidas e a própria presidência nesse pronunciamento. Qualquer que seja o desfecho, vai custar caro ao país.7,7 mil38,1 mil198,2 milJandira Feghali@jandira_feghali·25 de mar1. Continue em quarentena. 2. Continue protegendo os idosos. 3. Ignore Bolsonaro.5762,4 mil12,2 milGuilherme Boulos@GuilhermeBoulos·21 hO que a coletiva do Ministério da Saúde mostra nesse momento é que o Brasil é o único país do mundo que vai avaliar se segue o gabinete do ódio ou a Organização Mundial da Saúde.2241,6 mil11,4 milGuilherme Boulos@GuilhermeBoulos·2 hSegurança de Bolsonaro, de 39 anos de idade, está com coronavírus e internado em estado grave. Até quando ele vai chamar a pandemia de gripezinha?4111,5 mil10 milErika Kokay@erikakokay·16 hBolsonaro será o primeiro presidente da história a sofrer impeachment por causa de uma “gripezinha”. Anotem aí!3449529,9 milSâmia Bomfim@samiabomfim·21 hQue papelão, Mandetta.3006468,9 milPetra Costa@petracostal·14 hAlguém sabe o nome do homem do Haiti que veio do futuro falar com Bolsonaro? Qual seu nome?2716098,8 milGleisi Hoffmann@gleisi·16 hSaio da Câmara dos Deputados c/ energia renovado pela esperança de q daremos resposta mínima a dor e angústia do povo brasilero, coisa q Bolsonaro ñ fez e ñ fará. Amanhã votaremos o projeto de seguro emergencial de renda. Se a quarentena é para todos, o Estado tem de assegurar7241,1 mil7,1 milLula@LulaOficial·23 de marUMA REFLEXÃO SOBRE O PAPEL DO ESTADO EM TEMPOS DE CORONAVÍRUS Em vídeo inédito gravado na última quinta-feira (19), o ex-presidente Lula propôs que os brasileiros reflitam sobre o papel do estado na defesa daqueles que mais precisam. #equipeLula5:1282,9 mil visualizações1,6 mil1,5 mil6,9 milGuilherme Boulos@GuilhermeBoulos·18 h28/2: “Itália muda estratégia contra o Coronavírus para combater o alarmismo e proteger a economia” 25/3: “Itália chega a 7.503 mortos pelo Coronavírus”. É isso que Bolsonaro quer para o Brasil? #ForaBolsonaro2001,2 mil6,7 milUOL@UOL·18 hBolsonaro chegou ao limite e não está preparado para tocar o país, diz LulaBolsonaro chegou ao limite e não está preparado para tocar o país, diz LulaO ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que o presidente Jair Bolsonaro (sem parti…noticias.uol.com.br1,7 mil8476,2 milJandira Feghali@jandira_feghali·5 hBolsonaro esperneia, ataca, agride, perde o equilíbrio… … enquanto isso a Câmara aprovou o uso das merendas escolares como cesta básica p/ família dos alunos e a Telemedicina. Hj aprovaremos a renda básica emergencial para ao menos 100 milhões de brasileiros. Diferenças.1999675,7 milLula@LulaOficial·24 de marO PT quer garantia de renda para todos durante a quarentena do coronavírus. “Quem pode bancar a conta é o Estado. Esta é a hora de ajudar a todos. Todo mundo importa”, diz Tereza Campello, ex-ministra do Desenvolvimento Social. #equipeLulaPT propõe seguro quarentena de R$ 1.045 para 100 milhões de brasileirosProjeto garante renda emergencial equivalente ao salário mínimo para beneficiários do Bolsa Família, pessoas inscritas no Cadastro Único e trabalhadores na informalidadept.org.br1,2 mil1,2 mil5,7 mil

Pessoas relevantes

Lula@LulaOficialSeguirEx-presidente da República do Brasil (2003-2010).Fernando Haddad@Haddad_FernandoSeguirSou professor da USP e do Insper, ministro da Educação (2005-2012) e prefeito de São Paulo (2013-2016).

Assuntos do momento

Assuntos

1·Assuntos do Momento#FEIOAWARDS21,3 mil Tweets2·Assuntos

Prefeito Gustavo Mendanha provavelmente voltaria dia 30 a trabalhar, mais seu médico prolongou por mais 15 dias “Aguardando a declinação do coronavírus: Visibilidade com Segurança”

Neurocirurgião Francisco Azevedo explicou por que estendeu a licença médica do prefeito e como tem sido sua recuperação

O neurocirurgião Francisco Azevedo estendeu a licença médica do prefeito de Aparecida, Gustavo Mendanha (MDB), por mais 15 dias.

A medida foi motivada pela pandemia do coronavírus.

Isso porque Gustavo atualmente usa medicamentos anticoagulantes para tratar a trombose venosa cerebral que motivou seu licenciamento.

Prefeito Gustavo Mendanha foi recebido pela esposa e filhos após ganhar alta em 05.mar.2020 do Hospital Santa Mônica, onde ficou internado por 9 dias | Foto: Reprodução / Instagram

O uso dos remédios, segundo o médico, coloca o prefeito em um grupo de risco maior dos efeitos da Covid-19.

Sobre o tratamento da trombose, o neurocirurgião afirmou que Gustavo está bem e não teve sequela cognitiva ou déficit motor.

Porém, a licença médica de 30 dias que se encerraria nesta 4ª feira (25) será estendida até o dia 9 de abril.

Fonte: folhaz.com

Foco o Governo do estado de Goiás: Caiado rompe com Bolsonaro e diz que vai Manter isolamento total

247 – Aliado de primeira hora de Jair Bolsonaro, o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), que também é médico, disse que o estado não deverá seguir as recomendações feitas por Jair Bolsonaro que envolvem o fim do confinamento coletivo e a reabertura do comércio e de empresas, entre outros pontos. Ainda conforme o governador, a comunicação com Bolsonaro será feita somente por meio de comunicados oficiais. 

Caiado anuncia rompimento com Bolsonaro após pronunciamento do presidente | Foto: Reprodução

 “Quero deixar claro, com muita tranquilidade, mas com autoridade de governador e o juramento de médico, que as decisões do presidente da República na área de saúde não alcançarão o estado de Goiás”. “As decisões de Goiás serão tomadas por mim e decisões da OMS e povo técnico do Ministério da Saúde. Não posso concordar com um presidente que vem a público sem ter consideração com seus aliados. Não posso admitir que o presidente venha agora lavar as mãos e responsabilizar outros”, completou Caiado em seguida. 

Bancos: Iniciará o Atendimento das 9h às 10h para Idoso | Das 10h às 14h Ao público em Geral

Agências passam a funcionar com novos horários

Os bancos brasileiros começaram a funcionar nesta terça-feira (25) em horário diferenciado de atendimento, para conter a disseminação do novo coronavírus. As agências passam a atender em horário diferenciado, entre 10h e 14h para o público em geral. Para atendimento exclusivo de idosos, gestantes e pessoas portadoras de deficiências, o atendimento será das 9 horas às 10 horas.

Fonte: R7 Economia.

Apocalipse bíblico: fúria divina sobre a terra Terremotos, fogo do céu, pragas, fome e cenas apavorantes na hora final

Fonte: Evanildo da Silveira

“Eu, João, vosso irmão e companheiro na tribulação, e também no Reino e na constância em Jesus, encontrava-me na ilha de Patmos, por causa da Palavra de Deus e do testemunho de Jesus. No dia do Senhor, entrei em êxtase, no Espírito, e ouvi atrás de mim uma voz forte, como de trombeta, a qual dizia: ‘O que vês, escreve-o num livro e envia-o às sete igrejas’.”

Assim começa um dos relatos mais fantásticos e terríveis da literatura universal: o Apocalipse, o último livro da Bíblia, escrito provavelmente por João, um dos quatro evangelistas – os outros são Mateus, Marcos e Lucas -, por volta de 95 d.C., na pequena ilha grega de Patmos, no mar Egeu.

As visões descritas pelo profeta são aterradoras. Um filme de terror tendo como tela de projeção o céu. Há personagens assustadores, como quatro cavaleiros espalhando fome, guerras e peste. Um deles, esverdeado, chamado “a Morte”, vinha acompanhado da “morada dos mortos”. E anjos, muitos anjos, alguns tocando trombetas, anunciando castigos e catástrofes. E trovões, clamores, relâmpagos e terremotos. E cenas apavorantes: “E caíram sobre a terra granizo e fogo misturados com sangue”; “uma grande montanha ardendo em chamas foi lançada no mar. A terça parte do mar transformou-se em sangue”; “e caiu do céu uma grande estrela, ardendo como uma tocha”.

A Terra será atacada por pragas terríveis. “Espalharam-se gafanhotos sobre a terra e receberam poder igual ao dos escorpiões”, escreveu. “Foi-lhes dito que não danificassem a vegetação da terra, nem as ervas nem as árvores, mas somente as pessoas que não levassem na fronte a marca do selo de Deus. Não lhes foi permitido matá-las, mas sim atormentá-las durante cinco meses. E a dor que causavam era semelhante à dor da picada do escorpião quando morde alguém.” Diante disso, não é à toa que João tenha previsto que “naqueles dias, as pessoas vão procurar a morte e não a encontrarão. Vão desejar morrer, mas a morte fugirá delas!”

O Apocalipse de João prevê a luta final entre o Bem e o Mal, entre Deus e o diabo. As forças malignas serão formadas por um exército gigantesco, comandado por um anticristo, o demônio-mor em pessoa. Elas serão derrotadas por Jesus, que reinará por mil anos, com Satã acorrentado por todo esse período. O diabo, porém, não é fácil de ser batido e conseguirá se libertar e voltar para a batalha final, que acontecerá num lugar chamado Armagedom. Muitos especialistas identificam esse local com Megiddo, hoje no território de Israel. Mais uma vez Jesus vencerá as forças das trevas. Depois da batalha, virá o Juízo Final, que jogará para sempre os pecadores no inferno e os bons e justos no paraíso.

Diante das cenas apavorantes descritas por João, não é de estranhar que muita gente acredite ainda hoje que ele esteja falando do fim do mundo. Esse não é o entendimento de analistas do texto e de teólogos e cristãos em geral. Eles lembram que a palavra “apocalipse”, do grego, significa “revelação”. É o desvendamento divino de coisas que até então permaneciam secretas a um profeta escolhido por Deus.

Por extensão, passou-se a chamar de “apocalipse” os relatos escritos de hecatombes. “As revelações do texto não são ‘predições’ do futuro”, alerta o teólogo Cesar Kuzma, coordenador e professor do Curso de Teologia da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR). “O Deus bíblico não faz predições, ele faz promessas.”

Portanto, de acordo com Kuzma, o texto do Apocalipse de João é uma maneira literária, própria da época, de narrar os acontecimentos que marcavam a vida dos primeiros cristãos, mostrando a eles que a resposta final está em Deus.

Não importavam as tribulações e as perseguições, Jesus Cristo era mais forte e seria ele quem daria a última palavra. “Deus não vem destruir o mundo, mas salvá-lo”, diz Kuzma. “O julgamento de Deus está em fazer justiça a quem está caído e recuperar os agentes de destruição, ou seja, é um julgamento de salvação, não de condenação. O Deus cristão não condena ninguém, é um Deus da acolhida, que ama a todos e ‘faz novas todas as coisas’.”

O padre de Caxias do Sul (RS) Leomar Antonio Brustolin, doutor em Teologia e coordenador do programa de pós-graduação em Teologia da PUC-RS, de Porto Alegre, reza pelo mesmo catecismo. “É um livro de esperança e não de temor”, ensina. “A linguagem e os símbolos são, propositalmente, carregados de segredos que permitem aos cristãos entender quem é o senhor de tudo. Ao mesmo tempo, confunde os outros leitores que acabam se detendo no simbolismo e nas profecias do fim.”

Segundo ele, o estilo do livro pode ser estranho para a cultura ocidental, mas é bem compreensivel na mentalidade semita do período em que foi escrito. “É uma literatura própria das épocas de crise e de perseguição, em que se procura ‘revelar’ os caminhos de Deus sobre o futuro, para consolar e encorajar os justos perseguidos, dando-lhes a certeza da vitória final”, explica.

O padre Brustolin está se referindo ao contexto em que o Apocalipse de João foi escrito. Foi no período da perseguição que atingiu as igrejas da Ásia, nos tempos do imperador romano Titus Flavius Domitianus, conhecido em português como Domiciano, que reinou de 81 a 96 da nossa era.

China afrouxa restrições a viagens em Hubei, o local de origem do coronavírus

Funcionários desinfectam estação de trem de Wuhan, na China, em 24 de março de 2020 — Foto: Cnsphoto via Reuters

https://g1.globo.com/mundo/noticia/2020/03/24/china-afrouxa-restricoes-a-viagens-em-hubei-o-local-de-origem-do-coronavirus.ghtml

Funcionários desinfectam estação de trem de Wuhan, na China, em 24 de março de 2020 — Foto: Cnsphoto via Reuters

O governo da China vai permitir viagens na província de Hubei, o local onde a pandemia de coronavírus se originou, e as pessoas poderão deixar a área, de acordo com um anúncio da comissão de saúde do local.

Segui publicidade:

Secretária de Saúde | Márcia Conrado “Serra-talhadenses: Continuamos em casa, vamos vencer essa enfermidade”

A epidemia na região melhorou, mas outras províncias na China vão aumentar os controles.

–:–/–:–

Cidades da China começam a retomar vida normal aos poucos

Cidades da China começam a retomar vida normal aos poucos

Quem tiver autorização de saúde para poder viajar poderá sair de Hubei a partir do dia 25 de março, de acordo com a comissão.

A capital da província, Wuhan, onde o vírus apareceu pela primeira vez, vai permitir viagens a partir do dia 8 de abril. A cidade estava isolada desde o dia 23 de janeiro.

Um dos riscos na China agora são as infecções vindas de fora. Em grandes cidades, como Pequim, aumentaram as medidas de testes e quarentena.

Na segunda-feira, a China anunciou 78 novos casos. É o dobro da véspera. Dessas infecções, 74 vieram de outros países.

A capital Pequim é a mais atingida. Foram 31 casos “importados”.

As transmissões domésticas caíram no país. Foram quatro notificações –uma delas em Wuhan. Antes disso, a província havia ficado cinco dias sem nenhum novo caso