Serra Talhada em Foco: com Prefeito Trem Bala

Prefeito do Sertão Pernambucano, Guerreiro e defensor pela a Capital do Xaxado !

Luciano Duque mau chega de Brasília com atenção ás comunidades Serra-talhadenses, tira um tempinho para o encontro familiar.

FONTE DO HISTÓRICO !

Na tarde deste Domingo o Gestor do Município da cidade de Serra Talhada no Sertão citado, tirou um tempinho pra confraternização .

Conclusão:

O prefeito – Luciano Duque de Godoy Souza | visitou seu pais na tarde deste Domingo(20), ouvi um excelente bate papu (João Duque de Souza), Agradeceu atenção do Ilustre filho – e parabenizou pela segunda gestão.

FESTA: Com Edson Bebidas em Foco

Empresário – do Bairro Bom Jesus, situado na travessa (6) Zona Norte da Capital do Xaxado | Trazendo Animações aos finais de Semanas

Na noite desta sábado(19), acompanhamos mais um show top na programação do Empresário Citado.

Fonte do Evento:

A banda forro 1000, que foi destaque trazendo alegria ás comunidades Sarra-talhadenses (Tudo Isso você acompanha aqui – Em nosso portal com serviço de câmara de – Neto Gaia.

SEGUI APÓS PUBLICIDADE: COM LIDERANÇAS DA FAMÍLIA GAIA -EM SERRA TALHADA-PE.

FORRO PEGADO | FORRO 1000
FORRO 1000 EM FOCO

SERRA TALHADA-PE: Secretária de Governo da Capital do Xaxado, viabiliza Reunião com a Infraero sob Aeroporto

Fonte: Farol de Noticias Ao portal Neto Gaia | Edição – Giovanni Sá

Atualizado por Neto Gaia (Ás: 10h 35)

Durante visita ao município de Flores, Sertão do Pajeú, nessa sexta-feira (18), a Secretária de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Fernandha Batista, anunciou mais uma etapa de trabalho para viabilizar a operação comercial do Aeroporto Santa Magalhães, em Serra Talhada.

Durante entrevista ao comunicador Alberto Ribeiro, a secretária disse que nesta segunda-feira (21) haverá uma importante reunião com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), para avançar no processo de certificação do equipamento.

SEGUI APÓS PUBLICIDADE:

“Na segunda (21) temos mais uma reunião, vamos para Infraero e temos muitas expectativas de trazer a Infraero, para antecipar o máximo possível a operação de voo comercial. Então é essa é uma das prioridades e 15 municípios serão beneficiados com a intervenção. Estamos na fase final de aprovação, dos projetos da Secretaria de Aviação Civil, estamos na expectativa que nos autorizem a publicação da licitação. E a gente prioriza uma empresa pública, que é a Infraero, realize a operação, mas precisamos descentralizar crescimento e desenvolvimento”, reforçou Batista.

SERRA TALHADA-PE: Caminhoneiro estaciona na BR-232, Para jantar, e tem Veículo Arrombado

Fonte: Farol de Noticias | Ao portal Neto Gaia

Um caminhoneiro de 30 anos teve o seu veículo arrombado na Avenida João Gomes de Lucena, na BR-232, em Serra Talhada, quando estacionou por volta das 19h para jantar, e ao retornar, por volta das 21h, ficou surpreso com o furto.

O fato ocorreu na última terça-feira (15), em frente a uma loja de material de construção.

Em depoimento na Delegacia de Polícia local, a vítima informou que o ladrão levou suas roupas, tênis, kit de higiene pessoal além de um aparelho celular pertencente a empresa.

Ainda durante o depoimento, o caminhoneiro informou que o vidro do veículo foi quebrado e ao retornar, encontrou a porta do caminhão aberta. A Polícia Civil investiga o caso.

SERRA TALHADA-PE: Juiz Indefere ação de Candidatos e Mantém Seleção Simplificada

O juiz Diógenes Portela Saboia Soares Torres negou o pedido de liminar de um grupo assessorado  pela advogada Aluska Kaline  na ação popular  contra processo conduzido pela Secretaria de Saúde da Capital do Xaxado.

Fonte: Farol de Noticias | Ao portal Neto Gaia (Edição: Giovanni Sá)

FOTO; ILUSTRATIVA | No caso dos autos, observo que o Município de Serra Talhada/PE publicou o Edital n° 001/2019 – Processo Seletivo Público Simplificado – com o objetivo de selecionar pessoal para provimento de postos na Secretaria Municipal de Saúde.

Conforme esclarecido pelo Ministério Público e pelo Município de Serra Talhada, aparentemente, o ora questionado processo seletivo destina-se à contratação de pessoal para suprir a necessidades relacionadas à execução de programas de saúde desenvolvidos em parceria com os governos Federal e Estadual, o que é, em tese, viável, pois o custeio dos referidos programas é realizado, em parte significativa, costumeiramente, pelas mencionadas esferas de governos, não havendo garantias de. continuidade”, diz o magistrado.

SEGUI APÓS PUBLICIDADE: COM A PREFEITURA DE SERRA TALHADA-PE.

A Ação Popular foi protocolada sob o Processo N. 0002037-66.2019.8.17.3370 e foi distribuída para a 1ª Vara Cível da Comarca de Serra Talhada/PE.

Os fundamentos utilizados foram praticamente os mesmos na Ação Popular do processo seletivo da educação. Só que ao contrário, o entendimento do juíz foi outro na apreciação.

“A Lei Municipal n° 1.711/2019 (art. 1°, VI) previu expressamente esta situação. Além disso, conforme os documentos acostados, o processo seletivo impugnado pela demandante também se destina ao preenchimento de vagas oriundas da ausência de candidatos aprovados em concurso público, como é o caso, por exemplo, do profissional Médico Cabeça e Pescoço. Por oportuno, é importante esclarecer que, em virtude dessas considerações, a situação dos autos difere daquela observada no processo nº 0001581.19.2019.8.17.3370 (da Educação)”.

E segue: “É bem verdade também que o Município de Serra Talhada, até o momento, não especificou com clareza a que programa governamental se relaciona a necessidade de contratação temporária em cada cargo. Porém, em consonância com o documento de ID 51614102, o Ministério Público já havia analisado a situação e concluído pela legalidade”.

Finalmente, diz que, em se tratando de processo seletivo cuja pretensão é admitir pessoal na área da saúde, como médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem e etc, verifica a existência de periculum in mora inverso, uma vez que a abrupta suspensão do processo seletivo poderia causar grave comprometimento da essencial e muitas vezes defasada prestação dos serviços de saúde à população.

“Com isso, a despeito de reconhecer que a questão merece análise aprofundada, em verificação superficial, típica das tutelas de urgência, não vislumbro elementos suficientes para deferir o pedido antecipatório. Assim, indefiro o pedido de concessão de tutela provisória de urgência”, conclui.

Líder do PSL na Câmara afirma em áudio que vai ‘implodir’ Bolsonaro

Delegado Waldir reclama de suposta articulação para sua saída do cargo de liderança e disse que divulgaria gravação

Fonte: Thiago Nolasco, da Record TV | Foto: Ilustrativa

O líder do PSL na Câmara dos Deputados, Delegado Waldir (GO), afirmou em áudio obtido pela Record TV que pretende “implodir” o presidente Jair Bolsonaro. Na conspiração contra o presidente, ele fala sobre uma suposta articulação de Bolsonaro para retirá-lo do cargo de líder do PSL no Legislativo.

DURMA COM BRONCA DESSA:

Waldir é ligado ao presidente do partido, o deputado Luciano Bivar (PE), e tem feito críticas públicas a Bolsonaro. Na conversa gravada, ele disse que divulgaria um áudio comprometedor a Bolsonaro.

“Eu vou implodir o presidente. Aí eu mostro a gravação dele. Eu tenho a gravação. Não tem conversa, não tem conversa. Eu implodo o presidente. Acabou o cara. Eu sou o cara mais fiel a esse vagabundo”, diz o líder do PSL. Ele aborda a questão por cerca de um minuto, referindo-se ao presidente com palavrões.

O arquivo em que Waldir fala com outros parlamentares sobre o presidente tem cerca de 9 minutos de duração. A fala sobre a intenção de implodir Bolsonaro começa aos 2 minutos e 40 segundos.

Ouça o áudio completo

Nesta quinta-feira, as revistas “Época” e “Crusoé” divulgaram áudio em que mostram uma gravação com o presidente Bolsonaro pedindo assinatura possivelmente a um deputado do PSL não identificado com o objetivo de obter apoios para tirar o Delegado Waldir da liderança do partido na Câmara.

R7 tentou contato com o deputado no início da tarde desta quinta, mas não obteve retorno até a publicação desta reportagem.

TRF-5 intima o Estado de Pernambuco em caso da Menina com Doença Rara

Fonte: Folha de Pernambuco – Por Bruno Vinícios| Foto: José Britto


Uma liminar judicial, proferida no Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5), ordenou o Estado de Pernambuco a liberar a medicação Spinraza para o caso da menina Julia Ellis, de apenas 3 meses, em até 10 dias

Julia precisa de tratamento para sobreviver (Vamos – Ajuda-lo)


Uma liminar judicial, proferida no Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5), ordenou o Estado de Pernambuco a liberar a medicação Spinraza para o caso da menina Julia Ellis, de apenas 3 meses, em até 10 dias. No País, esta é a única medicação autorizada e disponível para da Atrofia Muscular Espinhal (AME) tipo 1, doença neurodegenerativa que acomete a recém-nascida. Distribuído por apenas um laboratório, o medicamento pode custar mais de R$ 2 milhões na primeira etapa, que consiste em seis gotas no início do tratamento.

SEGUI APÓS PUBLICIDADE: COM A PREFEITURA DE SERRA TALHADA

FOTO: ILUSTRATIVA
Os pais da recém-nascida, André Clarindo da Silva, 33, e Juliene Santos, 26, entraram com o pedido do Spinraza no último dia 8 de outubro, na Secretaria Estadual de Saúde (SES). Com receio da demora, pois o medicamento é a única forma de conter os avanços da doença, eles entraram com uma ação na Justiça Federal na última sexta-feira, 11, mas tiveram uma negativa nesta segunda-feira (14) sob o argumento do alto custo do remédio. Com a recusa, a advogada no caso entrou no TRF-5, apresentando a base da portaria do Ministério da Saúde, em abril deste ano.
PUBLICIDADE

Leia também:
Bebê de 3 meses com doença rara precisa de remédio de R$ 2 milhões 

Na noite desta terça-feira (15), o desembargador Cid Marconi Gurgel de Souza concedeu uma liminar para que a representação estadual disponibilize em até 10 dias a medicação, com o ressarcimento, posteriormente, por parte da União ao Estado. Até o fim deste fechamento, a SES ainda não havia sido notificada sobre o caso. Só a partir desta notificação que o órgão decide se disponibiliza o remédio ou recorre na Justiça.

Conseguir o Spinraza ainda é difícil para os pacientes com a AME. O Ministério da Saúde só incorporou a medicação, em abril deste ano, com uma portaria sobre compartilhamento de risco. Na época, a pasta federal afirmou que o medicamento poderia estar disponíveis nos centros especializados a partir do mês de outubro.

APARECIDA EM FOCO: No Segundo dia em Brasília, Gustavo e vereadores Agilizam liberação de Obras de Cmeis

Fonte: Rafael Freitas | Foto: Rodrigo Estrela
Nos dois dias na capital federal, a comitiva foi recebida por deputados, senadores e representantes dos órgãos federais nos Ministérios da Educação e da Saúde

Dando continuidade na agenda administrativa em busca de mais recursos para a realização de obras em Aparecida, o prefeito Gustavo Mendanha se reuniu nesta quarta-feira, 16, com mais parlamentares da bancada goiana no Senado e na Câmara Federal. A comitiva formada pelo vice-prefeito Veter Martins, pela primeira-dama e secretária de Assistência Social, Mayara Mendanha e de 14 vereadores conquistou mais verbas e apoios para o município.

SEGUI PUBLICIDADE:

Nesta quarta-feira, 16, o prefeito e os vereadores se reuniram com o presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Rodrigo Sérgio Dias e com o senador Vanderlan Cardoso. Durante o encontro, o prefeito solicitou empenho do governo federal na liberação de recursos para construção de nove Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI’s). “O presidente do FNDE também foi muito solícito e disse que vai atender nossas demandas”, disse Gustavo.

O presidente do FNDE, Rodrigo Sérgio Dias, garantiu que vai atender os requerimentos do município. “Vamos tratar com prioridade as demandas de Aparecida”. O senador Vanderlan ressaltou que Aparecida de Goiânia terá atenção especial, principalmente na questão da Educação. “Vamos unir esforços e buscar atender as prioridades de Aparecida e assim garantir investimentos para a população”, finalizou.

No final da manhã, o prefeito ainda foi recebido pelo Líder do governo Bolsonaro, deputado federal Major Vitor Hugo (PSL), e apresentou demandas para que o parlamentar ajude o município com a destinação de emendas. Segundo o deputado, será liberado para Aparecida emenda parlamentar de R$ 1 milhão para investimentos. A comitiva se reuniu ainda com a deputada federal Magda Moffato e com representantes do Ministério da Saúde e do Ministério da Educação.

Conquistas – Ainda na terça-feira, 15, em visita ao deputado federal Professor Alcides (PP), o prefeito recebeu a notícia da destinação de R$ 4 milhões em emendas que serão empregados nas obras do Residencial Chácara São Pedro que irá beneficiar 900 famílias com a casa própria.  “Receber o apoio dos nossos deputados é muito importante para o desenvolvimento da nossa cidade”, declarou o prefeito Gustavo Mendanha.

Do deputado José Nelto (Podemos) o prefeito Gustavo Mendanha e os vereadores receberam a promessa de que emendas serão destinadas para aquisição de medicamentos de média e alta complexidade. Outros deputados que se comprometeram a contribuir com a gestão foram Glaustin da Fokus (PSC), Francisco Júnior (PSD) e Flávia Morais (PDT). O senador Luiz do Carmo (MDB) também se colocou à disposição de Aparecida para o empenho de recursos para a construção de um novo Parque Agropecuário na cidade. O prefeito se reuniu ainda com representantes dos Ministérios da Saúde e da Educação.

Presente na comitiva, o vereador Isaac Martins enfatizou que o momento em que estiveram em Brasília foi muito oportuno. “Estas semanas são importantes, pois é a época em que os deputados e senadores organizam as emendas que irão destinar aos estados e cidades. As visitas foram necessárias, pois pedimos apoio e recursos para que possamos investir em infraestrutura, educação, saúde, meio ambiente, social e demais demandas do município”, comentou o parlamentar aparecidense que viu a visita como muito positiva.

Presenças – Participaram da comitiva aparecidense os vereadores Vilmar Mariano (MDB), pastor João Santana (PRP), Gleison Flávio (MDB), Lelis Pereira (DEM), Arnaldo Leite (MDB), Ataíde Neguinho (PSDB), Almeidinha (MDB), Elias Júnior (PDT), Erivelton Contador (DC), Mazinho do Madre Germana (SD), Edinho (DC), André Fortaleza (PRTB), Fábio Ideal (PSC) e Isaac Martins (PL). Além de secretários municipais como Einstein Paniago, Guido Marco, Mayara Mendanha, Gerfeson Aragão, Max Menezes e Alessandro Magalhães.

Na raça! Flamengo supera desfalques e vence o Fortaleza de 2 a 1 fora de casa

Emocionante e na raça! O Flamengo superou os desfalques, venceu o Fortaleza por 2 a 1 e garantiu mais uma vitória no Campeonato Brasileiro. O jovem Reinier, depois de toda confusão envolvendo o clube carioca e a CBF, garantiu a virada nos minutos finais e teve recompensada sua permanência no time da Gávea. Com o resultado desta quarta-feira, na Arena Castelão, o Rubro-Negro alcançou os 61 pontos na competição e segue como líder isolado.

O Rubro-Negro volta aos gramados no próximo domingo para o clássico contra o Fluminense, no Maracanã. A equipe de Rogério Ceni vai encarar o Grêmio, no sábado, na Arena Castelão.

Começo lá e cá
Embalado pela torcida, o Fortaleza começou o jogo ligado e tentou pressionar o Flamengo. No primeiro minuto de jogo, André Luís fez boa jogada e rolou para Marlon finalizar. O atacante do time da casa pegou mascado e bola foi direto pela linha de fundo. O Rubro-Negro respondeu cinco minutos depois com Reinier. Vitinho cobrou o escanteio e o jovem atacante quase abriu o placar de cabeça. Os times atuavam com muita intensidade no começo da partida e o jogo era animado. Aos 9 minutos, Nenê Bonilha soltou uma bomba em uma falta de longe, Diego Alves se esticou para espalmar e salvar o Flamengo.

Jogo esfria
Depois dos primeiros minutos com muita intensidade, o Fortaleza diminuiu o ritmo e o Flamengo começou a controlar mais a partida mantendo a posse de bola. A chance mais clara da primeira etapa foi com Reinier. Vitinho fez boa jogada pela esquerda e cruzou para área. A bola sobrou para Reinier, que teve tempo para dominar e bater de direita. A bola caprichosamente passou por Felipe Alves, mas Paulão fez uma ‘defesa’ para o Fortaleza e cortou quase em cima da linha. O Rubro-Negro terminou o primeiro tempo com 71% de posse bola, mas ficava devendo na criação de jogadas.

Pênalti para o Leão!
Na volta do intervalo, o Flamengo voltou tentando pressionar o Fortaleza, mas foi o Leão quem abriu o placar. Aos 12 minutos, Tinga chegou na linha de fundo e cruzou para área. A bola desviou no braço de Pablo Marí e o árbitro Paulo Roberto Alves Júnior, sem o auxílio do VAR, marcou a penalidade. Após a checagem e o pênalti confirmado, o lateral Bruno Melo cobrou bem e fez 1 a 0 para o time da casa.

VAR e gol do Gabigol!
O Flamengo se lançou ao ataque para tentar o empate e o VAR, mais uma vez, foi protagonista no jogo rubro-negro. Após um cruzamento na área, Rodrigo Caio ganhou de cabeça e a bola bateu no braço do zagueiro Quintero. O VAR acionou o árbitro da partida que, após revisar o lance, marcou a penalidade para o Rubro-Negro. Gabigol chamou a responsabilidade e colocou no funda da rede.

Virada de líder!


Jorge Jesus colocou o time para frente e o Flamengo buscou uma virada heroica. Em jogada ensaiada, Renê cobrou um lateral na área, Vitor Gabriel ajeitou para trás, e Reinier testou no ângulo. O Flamengo vira o jogo e garante uma grande vitória para disparar na liderança.

FICHA TÉCNICA:


FORTALEZA X FLAMENGO


Estádio: Castelão, em Fortaleza (CE)


Data-hora: 16 de outubro de 2019, às 20h


Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)


Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael Trombeta (PR)


Árbitro de vídeo: Wagner Reway (Fifa/PB)


Gramado: 
Regular


Público/renda: 50.101 presentes / R$ 1.716.409,00


Cartão amarelo: João Lucas, Gabriel (Flamengo) / Nenê Bonilha (Fortaleza)
Cartão vermelho:

Finanças deve intermediar Liberação de Verba para Pagamento de Precatórios

Fonte: Redação Alepe | Foto: Ilustrativa

Dificuldades enfrentadas pelo Governo do Estado e pelo Tribunal de Justiça (TJPE) para utilizar R$ 350 milhões depositados em contas judiciais em pagamentos de precatórios foram tema da reunião da Comissão de Finanças nesta quarta (16). A situação foi apresentada por integrantes da Ordem dos Advogados do Brasil em Pernambuco (OAB-PE), que solicitaram apoio da Alepe para intermediar a situação junto à Caixa Econômica Federal.

SITUAÇÃO – Governo do Estado e TJPE enfrentam dificuldades para utilizar R$ 350 milhões depositados em contas judiciais na Caixa Econômica. Foto: Nando Chiappetta.

Precatórios são valores referentes a processos judiciais que envolvem a Fazenda Pública nos quais o Governo foi derrotado, com trânsito em julgado, sendo obrigado a quitar a dívida com os credores. Esses pagamentos seguem ordem cronológica, com mecanismos e preferências definidos pela Constituição Federal. Em Pernambuco, a OAB conta com uma Comissão de Precatórios Judiciais (CPJ), que informou os deputados sobre problemas na utilização de recursos prevista pela Emenda Constitucional Federal nº 99/2017

SEGUI APÓS PUBLICIDADE: COM A PREFEITURA DE SERRA TALHADA-PE.

PREFEITO – LUCIANO DUQUE | O TREM BALA DO SERTÃO PERNAMBUCANO.

“Hoje identificamos um estoque de precatórios de R$ 650 milhões. Com a EC 99, o Governo Estadual pode utilizar 15% dos recursos de depósitos judiciais em geral e 75% daqueles em que o Estado é parte. Isso significaria um montante de R$ 550 milhões”, explicou o advogado Sérgio Higino Neto, presidente da CPJ da OAB-PE. Segundo ele, R$ 200 milhões foram sacados no ano passado, mas, para o saque do restante, está havendo dificuldades operacionais suscitadas pela Caixa, instituição financeira que detém os depósitos judiciais estaduais em Pernambuco. 

De acordo com o banco, é preciso haver reclassificação e discriminação de dados de cada conta judicial, informou o advogado. “Mas a Caixa não precisou disso quando recebeu os recursos que estavam com o Banco do Brasil, e já sinalizou que até poderia fazer o resgate, mas condicionando a questão à resolução de outros conflitos que a instituição tem com o TJPE”, pontuou Higino. 

ESPERA - “Deixar de fazer esse resgate fere não só o interesse do Governo, mas principalmente dos credores”, argumentou o advogado Sérgio Higino Neto. Foto: Nando Chiappetta

ESPERA – “Deixar de fazer esse resgate fere não só o interesse do Governo, mas principalmente dos credores”, argumentou o advogado Sérgio Higino Neto. Foto: Nando Chiappetta

“Deixar de fazer esse resgate de R$ 350 milhões fere não só o interesse do Governo, mas principalmente dos credores. São demandas judiciais de 20 a 25 anos”, complementou o presidente da CPJ. “Há muitos casos em que essas pessoas falecem antes de receber o dinheiro.” Além disso, alertou o advogado, se os valores não forem levantados, o Poder Executivo pode ter que pagar os precatórios com recursos próprios, o que afetaria as finanças estaduais. 

A presença dos membros da comissão da OAB para explicar a questão foi solicitada pela deputada Priscila Krause (DEM). “Tenho acompanhado a situação há quatro anos. Antes, tivemos problemas com reserva do orçamento do Governo e com o TJPE, que foram todos resolvidos, tanto pela legislação como pelo empenho das instituições. Agora, esbarramos na burocracia da Caixa, que esperamos que seja o último impasse”, observou. “O precatório já tem um processo muito demorado. Não podemos nos conformar com um obstáculo burocrático dentro de um banco que ganhou um processo licitatório e tem questões contratuais a cumprir”, considerou a parlamentar. 

Por sugestão do deputado Antônio Moraes (PP), a Comissão de Finanças decidiu agendar uma reunião com Simone Nunes, superintendente regional da Caixa Econômica em Pernambuco. O presidente do colegiado, deputado Lucas Ramos (PSB), ressaltou que, se não for obtida uma solução de consenso, o Poder Legislativo poderá levar a questão à presidência da instituição financeira, em Brasília. “Vamos aparar as arestas e buscar o pagamento dos precatórios. Se não chegarmos a uma solução aqui ou em Brasília, esgotados todos os canais, a OAB está pronta para ajudar a acionar judicialmente o banco. Mas esperamos não precisar chegar a isso”, declarou.

Na reunião desta manhã, também houve a distribuição de nove projetos para relatoria e a aprovação de quatro proposições. Entre as matérias que receberam parecer favorável estão a que prevê subvenção de R$ 2,38 milhões à Casa do Estudante de Pernambuco e a que regulamenta a cobrança de presos e apenados pelo uso de tornozeleira eletrônica.