Ex-executivo da Odebrecht que delatou Aécio é achado morto no Rio

Corpo de Henrique Valladares foi encontrado em seu apartamento no Leblon; morte foi registrada como ‘causa indeterminada’ e será investigada pela polícia

Atualizado por | Neto Gaia / Ás 13h 48

Henrique Valladares, Ex-executivo da Odebrecht, que delatou propina para Aécio Neves e Edison Lobão (Reprodução/Reprodução)

Fonte: Jornalismo Veja | Foto: Cortesia.

A Polícia do Rio investiga a morte do ex-presidente da Odebrecht Infraestrutura Henrique Serrano do Prado Valladares, delator da Operação Lava Jato que revelou supostas propinas para o deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG) e para o ex-senador Edison Lobão (MDB-MA), ex-ministro dos governos Lula e Dilma. O registro oficial da 14ª Delegacia, no Leblon, aponta “causa indeterminada”. O corpo foi encontrado na terça-feira 17 no apartamento onde o delator morava. A polícia abriu uma guia de remoção para que os Bombeiros levassem o corpo ao Instituto Médico Legal (IML).

As primeiras investigações indicam que não havia sinais de arrombamento no apartamento, nem evidências de luta. O corpo já passou por necropsia e foi liberado para a família. Valladares foi apontado por outros delatores da empreiteira como um dos negociadores de 30 milhões de reais de propina para Aécio atuar a favor dos projetos do Rio Madeira (Usinas Hidrelétricas de Santo Antônio e Jirau, em Rondônia) e, assim, atender interesses da empreiteira e também da Andrade Gutierrez.PUBLICIDADE  

Valladares contou que a empreiteira pagava prestações de 1 milhão a 2 milhões de reais, repassados pelo Setor de Operações Estruturadas, o departamento de propinas do grupo, para “Mineirinho”, codinome atribuído a Aécio. O delator também dedicou parte de suas revelações a Lobão, ou “Esquálido”, como o ex-ministro e ex-senador era rotulado nas planilhas de propinas da empreiteira.

Segundo Valladares, o ex-ministro recebeu 5,5 milhões de reais para rever o leilão da usina de Jirau e a Odebrecht assumisse o empreendimento. O delator contou que “Esquálido” teria cobrado uma “contrapartida” após reunião com os executivos da empreiteira. “Ele sinalizava que iria nos ajudar. E que precisava de nossa ajuda, de propina”, declarou Valladares.

Segundo Valladares, o então presidente do grupo, Marcelo Odebrecht, “acreditou nisso”. “Sem que ele (Lobão) entregasse nada, simplesmente para que ele fizesse um esforço de, usando nossos argumentos, que eram verdadeiros e absolutamente legais, ele criasse um contraponto na Casa Civil, para isso surgiu um pagamento de 5,5 milhões de reais. Com certeza, caixa 2”, afirmou o delator. O pagamento da propina, relatou Valladares, foi feito em algumas ocasiões, com entrega de dinheiro diretamente na casa do filho de Lobão, Márcio Lobão, no Rio.

Alcides Martins assume PGR e Anuncia retorno de Membros da Lava Jato

Atualizado por | Neto Gaia – Às 13h 25

Fonte: Jornalismo – ISTOÉ | Foto – Cortesia.

O vice-presidente do Conselho Superior do Ministério Público Federal (CSMPF), Alcides Martins, assumiu hoje (18), interinamente, a chefia da Procuradoria-Geral da República (PGR). O cargo foi transmitido por sua antecessora, Raquel Dodge, em cerimônia no plenário do colegiado que contou a presença do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Em sua primeira manifestação como procurador-geral, Martins anunciou o retorno, “em nome da continuidade”,  dos integrantes do grupo de trabalho da Lava Jato na PGR, que haviam deixados seus postos na reta final do mandato de Raquel Dodge por discordarem da forma como ela conduzia a operação. “O que tiver que ser feito vai ser feito”, afirmou ele.

Seis integrantes da Lava Jato na PGR haviam deixado seus postos em protesto contra os rumos da Lava Jato na procuradoria. Segundo a assessoria da PGR, uma portaria deve ser publicada ainda nesta quarta-feira (18) com o nome daqueles que aceitaram retornar de imediato para a operação.

Interino

Martins assume o cargo enquanto não é sabatinado e aprovado no Senado o novo procurador-geral da República, Augusto Aras, cujo nome foi indicado pelo presidente Jair Bolsonaro no inicio do mês. A previsão é de que os tramites parlamentares ocorram até a próxima quarta-feira, 25 de setembro, restando somente a realização de nova transmissão  do cargo, em caso de aprovação.

Enquanto isso não ocorre, permanecem também como interinos nos cargos o atual vice-procurador-geral, Luciano Mariz Maia, e o vice-procurador-geral Eleitoral, Humberto Jacques.

Desde 1988, a PGR foi chefiada por um interino ao menos outras duas vezes. A subprocuradora Helenita Acioli assumiu após o fim do mandato de Roberto Gurgel e antes de Rodrigo Janot tomar posse, em 2013. Antes, o mesmo ocorreu com a subprocuradora Debora Duprat, que foi a PGR interina por 22 dias em 2009.

Último discurso

Nesta quarta-feira (18), em seu último discurso antes de transmitir o cargo, Raquel Dodge reforçou a necessidade de independência e autonomia do MPF e de que o cargo de PGR seja exercido “dentro daquilo que de melhor tem a Constituição Federal, seu sistema de freios e contrapesos”.

Ela também frisou que “a vontade da maioria deve prevalecer, mas os direitos da minoria não devem ser dispensados”, de modo que o “desenvolvimento não seja só econômico, não seja só industrial, não seja só financeiro, mas seja também desenvolvimento social e humano”.

“Precisamos também ser um país em que a liberdade de opinião, de critica, de associação estejam verdadeiramente garantidos”, acrescentou ela.

Entre seus últimos atos no cargo, Raquel Dodge ajuizou no STF uma ação contra “qualquer ato do poder público – legislativo, administrativo ou jurisdicional – que autorize ou promova a realização de vigilância e censura da atividade docente”, na qual criticou o movimento Escola Sem Partido. Ela também apresentou denúncia contra cinco pessoas por suspeita de envolvimento no assassinato da vereadora do Rio Marielle Franco e de seu motorista, Anderson Gomes. Raquel Dodge pediu a federalização do caso.

Ontem (17), no último dia de seu mandato de dois anos à frente da PGR, ela apresentou um balanço de sua gestão. Durante o período em que chefiou o Ministério Público Federal (MPF), a procuradora ajuizou no Supremo Tribunal Federal (STF) 56 ações diretas de inconstitucionalidade e 13 arguições de descumprimento de preceito fundamental. Ela apresentou ainda 64 denúncias contra 224 pessoas e fez 19 pedidos de homologação de delações premiadas.

Prefeito de Serra Talhada no Sertão Pernambucano Participa de debate na Rádio Jornal Recife em Foco

Luciano Duque, Geraldo Freire, Isaías Regis & Miguel Coelho

Debate da Super Manhã: O comunicador Geraldo Freire recebeu, no programa desta segunda-feira (16), os prefeitos Miguel Coelho, de Petrolina, Isaías Régias, Garanhuns, e Luciano Duque, Serra Talhada, para uma conversa sobre a situação de três dos mais importantes municípios do Estado. Os convidados aproveitaram o programa para falar sobre a situação das cidades e deram detalhes sobre economia, investimentos para o turismo e outros assuntos.

Luciano Duque – Prefeito de Serra Talhada no Sertão Pernambucano, participa de Programação da Rádio Jornal Recife | Edição: Geraldo Freire

Foto e Áudio: Cortesia da Rádio Citada.

Publicidade:

Zé Dida Gaia: Representante da Família Gaia em Todos os Sentidos

Debate Municipalista na Rádio Jornal com os Ilustres Prefeitos; do Agreste Pernambucano, Sertão do Pajeú & Sertão do São Francisco

Gestores de cidades Pernambucanas, no bate papo sob foco pra 2020 e Viabilidade Municipais.

Na manhã desta Segunda (16) na Rádio Jornal Recife, irão tratar de assuntos sob eleições 2020 e problemas Municipais, os seguintes Prefeitos; Isaías Regis do município de (Garanhuns), Luciano Duque de (Serra Talhada) e Miguel Coelho de (Petrolina)

Edição & Apresentação de: Geraldo Freire

Tudo acontece a partir das 11h (Você pode Acompanhar: Pelas Redes Sociais)

Isaías Regis: Prefeito | de Garanhuns – PE.
Luciano Duque: Prefeito | de Serra Talhada – PE.
Miguel Coelho: Prefeito | de Petrolina – PE.

Fotos: Cortesia

FARRA COM DINHEIRO DE IMPOSTO: Deputado banca Bebida Alcoólica com Dinheiro Público

Fonte: Congresso em Foco | Ao – Portal no Foco com Noticias / Foto – Cortesia.

“Sempre que tomo uma cerveja ou caipirinha em viagem excluo esse valor. Tenho esse cuidado. Essa nota especificamente passou”, diz o deputado Pedro KempVictor Chileno/ALMSVictor Chileno/ALMS

O deputado estadual Pedro Kemp (PT-MS) usou dinheiro público para bancar rodadas de cerveja, chope e vinho para sua equipe de gabinete em uma pizzaria da capital sul-mato-grossense. A conta de quase R$ 1,8 mil foi paga com recursos da verba indenizatória, dinheiro público destinado a cobrir despesas exclusivas de mandato. O episódio ocorreu em dezembro de 2017, mas só agora vem a público por meio da ONG Operação Política Supervisionada (OPS), especializada na fiscalização de gastos públicos do Legislativo.

Reeleito em 2018, Pedro Kemp disse ao Congresso em Foco que foi com sua assessoria festejar o balanço de seu mandato naquele ano numa pizzaria. O deputado conta que sempre prezou por excluir consumo de bebidas alcoólicas dos itens reembolsados a ele pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. Mas, nesse caso, segundo ele, houve um descuido.

Leia mais

Brasil gastou R$ 6,4 bilhões com partidos em dez anos16 jul, 2019

Desembargador mantém licitação de buffet refinado do STF7 maio, 2019

“Não costumo pedir ressarcimento de bebida alcoólica. Sempre que tomo uma cerveja ou caipirinha em viagem excluo esse valor. Tenho esse cuidado. Essa nota especificamente passou”, afirmou.

O festejo de final de ano contou com ao menos 42 bebidas alcoólicas, entre cerveja e chopp, além de duas garrafas de vinho chileno Carmen Carmenere. Tudo bancado com dinheiro público.

Instituída pelo Ato da Mesa 2/2015, a verba indenizatória dos deputados estaduais de Mato Grosso do Sul é de pouco mais de R$ 25 mil mensais e seu uso deve ser restrito a despesas do mandato, como locação de imóvel para escritório político, refeição do parlamentar, hospedagem, passagens aéreas e terrestres, dentre outros.

> Bolsonaro diz não ver “nada de mais” em carona de ministro à mulher em avião oficial

Pedro Kemp é escritor, formado em Filosofia e Psicologia e começou sua carreira política ao se eleger vereador de Campo Grande em 1997. É deputado estadual desde 2001. O deputado afirmou que devolverá o dinheiro gasto indevidamente à assembleia se a casa legislativa exigir.

“Se a Assembleia considerar que foi irregular, com certeza vou ressarci-la. Não tenho intenção de fazer qualquer coisa irregular”, disse.

Colaborador da Operação Política Supervisionada, Sebastião Marcos encaminhará ofício à assembleia para que o caso seja apurado e o valor restituído aos cofres da casa.

“A verba indenizatória é o dinheiro público com menos fiscalização que conheço, o que permite criar situações como esta, de absoluto desrespeito com a coisa pública”, disse Sebastião. Segundo ele, as ações da OPS já geraram uma economia de quase R$ 6 milhões ao erário.

“Estou convocando a sociedade para juntos auditarmos quase mil notas fiscais apresentadas por deputados estaduais. Esta será mais uma operação em conjunto com cidadãos e que batizamos de Alecrim Dourado”, explica o colaborador da OPS. A ONG está recebendo fiscais voluntários por meio  do seu site.

> Câmara do DF arquiva projeto de iniciativa popular que reduz gastos da Casa em R$ 75 milhões por ano

POLICIA GOIANA EM FOCO: “CRIMINALIDADE ZERO” 🚨2° CRPM EM AÇÃO🚨 ⚡43CIPM/CPE⚡ ⚡CPE⚡NO COMBATE AO TRÁFICO DE DROGAS E POSSE ILEGAL DE ARMA DE FOGO.

Dois indevidos em atitude suspeita, cai nas mãos da CPE 10416 em Foco.

Equipe de policiamento ao receber uma denuncia anônima de que havia uma tráfico de drogas no endereço mencionado, ao realizar o patrulhamento tático , deparamos com 2 indivíduos em atitudes suspeitas saindo na porta da mesma residencia referida em um veículo fiesta de placa kew1687, foi realizada a abordagem em Victor Hugo michelone de Carvalho, que estava com um papelote de maconha em seu bolso da calça e junto com Hércules Mendes da Silva, ao realizar a entrevista, os mesmos esclareceram que dentro da residência de sua sogra Christiane dalvit que acompanhou toda a busca na residência e presenciou que havia mais drogas e uma arma de fogo, diante disso, a equipe adentrou a residência referida, e encontrou várias porções de drogas e uma submetralhadora de calibre 9 milímetro e 1910 reais em dinheiro e 2 televisões que foram comercializadas por drogas. Diante disso, ambos foram conduzidos ao 4° DP juntamente com os objetos e logo após ao IML de Aparecida de Goiânia para constatação da suposta droga e em seguida a central de flagrantes de Goiânia para identificação de um dos autores que não possuía documentação e em seguida encaminhados novamente ao 4 DP onde ambos foram autuados pelo artigo 33 lei 11.343/06 e artigo 16 lei 10.826/03 e ficado a disposição da justiça para ser tomada as devidas providências.

PUBLICIDADE:

SUB -TENENTE ARRUDA |OFICIAL DE FOCO CONTRA A CRIMINALIDADE

quipe de CPE 10416 recebeu uma denuncia anônima de que havia uma tráfico de drogas no endereço mencionado, ao realizar o patrulhamento tático , deparamos com 2 individuos em atitudes suspeitas saindo na porta da mesma residencia referida em um veículo fiesta de placa kew1687, foi realizada a abordagem em Victor Hugo michelone de Carvalho, que estava com um papelote de maconha em seu bolso da calça e junto com Hércules Mendes da Silva, ao realizar a entrevista, os mesmos esclareceram que dentro da residência de sua sogra Christiane dalvit que acompanhou toda a busca na residência e presenciou que havia mais drogas e uma arma de fogo, diante disso, a equipe adentrou a residência referida, e encontrou várias porções de drogas e uma submetralhadora de calibre 9 milímetro e 1910 reais em dinheiro e 2 televisões que foram comercializadas por drogas.

Diante disso, ambos foram conduzidos ao 4° DP juntamente com os objetos e logo após ao IML de Aparecida de Goiânia para constatação da suposta droga e em seguida a central de flagrantes de Goiânia para identificação de um dos autores que não possuía documentação e em seguida encaminhados novamente ao 4 DP onde ambos foram autuados pelo artigo 33 lei 11.343/06 e artigo 16 lei 10.826/03 e ficado a disposição da justiça para ser tomada as devidas providências

CPE EM FOCO | DECLINANDO DELITO.

Mais informações: 190 ou (062) 99972-3257
CPE COMANDO – 2° TEN. LUIZ

Serra Talhada-PE: Edson Bebidas, viabiliza Show com Colorado do Acordeon em Foco

Em clima de festa no setor Bom Jesus na noite desta Sexta(13) ‘Precisamente na Rua; 05’, Sanfoneiro da Capital do Xaxado faz um baita Show.

Empresário: Edson Pereira | Viabilizar festa com – Colorado do Acordeon

O cantor e compositor; Colorado do Acordeon, fez um Show-Sasso com a acasa cheia na distribuidora do Empresario Edson Bebidas. Estiveram registrando Presenças, Empresários & Políticos da Capital do Xaxado.

Durabilidade:

A demanda inicio ás 19h 30 & foi até Ás 22h – Com Repertório Ilustrado.

Vamos acompanharmos:

Astro do Forro no sertão do Pajeú (Colorado do Acordeon)

Liderança Politica:

Coca de Edmundo Gaia | Registra Presença em Festa na Capital do Xaxado

Publicidade:

Apoio: Sargento – Zé Dida Gaia.

Prefeito Luciano Duque tem reconhecimento das suas Gestões por Moradores da Zona Oeste da Capital do Xaxado

Avaliação viabilizada em bairro Bom Jesus e Malhada – Zona Oeste da Capital do Xaxado, Governo Municipal lidera com exido.

Rua: Capitão Arlindo Rocha (Sentido Malhada)

Na manhã desta Sexta(13) membros do Portal: No Foco com Noticias, ouviu alguns moradores da Rua; Capitão Arlindo Rocha e outra parte da Malhada, no sentido de orientações sob ás Gestões do Governo Luciano Duque.

Falas de Alguns:

O trabalho de Luciano Duque, está na história até o presado momento ! Já passaram bons gestores, mais o trabalho de Duque supera todos Principalmente na saúde e Educação (Anteriormente: Pra passar no Medico era preciso dormir no posto de Saúde| Hoje somos atendidos em foco – O número de Escolas & Creches somaram bastantes / viabilizando oportunidades das mães de famílias poderem trabalharem )

Conclusão:

Neste setor, 80 % vai seguir Duque | e, tem boas vistas nas proximidades (Ex: Setor Vila Bela | hoje, muitas famílias tem suas moradias)

Rua: Capitão Arlindo Rocha (Sentido Centro)

Politica: Desenvolvimento Econômico discute aumento em preços de passagens aéreas entre Recife e Petrolina

Atualizado por Neto Gaia | Foto: Cortesia (Ás 12h 58)

Fonte: Alepe | AUDIÊNCIA PÚBLICA – MPPE se dispôs a apurar uma possível cobrança abusiva por parte da companhia Azul, única a fazer a rota após a saída da Avianca. Foto: Nando Chiappetta

A alta no preço das passagens aéreas no trecho entre Recife e Petrolina, e seu impacto para a economia e o dia a dia dos usuários foram tema de audiência pública da Comissão de Desenvolvimento Econômico nesta quinta (12). Presente à reunião, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) se dispôs a apurar uma possível cobrança abusiva por parte da companhia Azul, que passou a ser a única a fazer a rota após a saída da Avianca, em abril. A empresa, que não participou do encontro, será chamada para uma nova discussão, que poderá ocorrer na cidade do Sertão do São Francisco.

A audiência foi proposta pela deputada Dulcicleide Amorim (PT). A parlamentar apresentou valores de uma pesquisa de preços feita nesta quinta, em que as passagens de ida e volta eram vendidas por mais de R$ 5 mil. “Esse valor está impraticável e afeta o Poder Público, o turismo e também as pessoas atendidas pelo polo médico. Como fará alguém que espera por um transplante e precisa viajar de última hora para receber o órgão?”, exemplificou. “Queremos saber o porquê desses aumentos abusivos. A Azul é parceira de Petrolina, mas precisamos achar um ponto de equilíbrio”, disse.

Dulcicleide Amorim avaliou que as outras companhias que operam rotas em Petrolina (Gol e Passaredo) e a Latam podem ser estimuladas a fazer voos para o Recife, gerando concorrência e barateando as passagens. A deputada chamou atenção para o fato de que Petrolina é o maior exportador de frutas do País e o segundo maior polo de fabricação de vinho.

Comissão de Desenvolvimento Econômico

PREOCUPAÇÃO – “Valor está impraticável e afeta o Poder Público, o turismo e pessoas atendidas pelo polo médico”, disse Dulcicleide Amorim, que propôs reunião. Foto: Nando Chiappetta

Um levantamento realizado pela Fecomércio-PE, por sua vez, atestou que a saída da Avianca fez despencar em 12 mil passageiros por mês a movimentação média do aeroporto da cidade. A apresentação, feita pelo  assessor legislativo da entidade, César Souza, enfatizou que, além do vinho e das frutas, Petrolina é um polo regional religioso, educacional, empreendedor, comercial e de indústria de transformação, com influência em cerca de 70 municípios num raio de 250 quilômetros. “Há uma enorme potencialidade para usar Petrolina como centro agregador da região na aviação, e boas perspectivas para as empresas que desejam explorar novas rotas. A cidade não pode e não deve ficar isolada ou desvinculada do resto do País”, observou.

O superintendente do Aeroporto de Petrolina, administrado pela Infraero, Alysson Cabral, atestou que a movimentação média caiu 40% com a saída da Avianca. O terminal tem capacidade para operar um quantitativo de 1,5 milhão de passageiros por ano, e hoje atende apenas 300 mil. Segundo ele, há ainda condições de aumentar também o transporte de cargas, que atualmente é usado apenas um dia por semana.

Diante das informações, o secretário-geral do Ministério Público de Pernambuco, Maviael de Souza Silva, comprometeu-se a repassar o conteúdo da audiência pública para o Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Defesa do Consumidor. A partir daí, de acordo com ele, há possibilidade de instauração de um Inquérito Civil para apurar a situação e pedir esclarecimentos à empresa Azul. O promotor defendeu a atuação do Ministério Público Federal e do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) no caso.

“Nos preocupa a formação de monopólios e oligopólios. Até que ponto isso não é um abuso por parte das companhias para manipulação do mercado visando ao lucro?”, questionou Souza. “Nosso objetivo não é fazer com que a Azul pare de operar em Petrolina, mas se tiver algum desajuste que mereça ser corrigido, ela o faça, no sentido de respeitar a população pernambucana”, ressalvou.

O advogado Bruno Brennand, representando a Prefeitura de Petrolina, afirmou que o programa de defesa do consumidor do município já autuou a Azul e aguarda a resposta. “Isso pode ajudar a subsidiar um Inquérito Civil do Ministério Público”, assinalou.

Secretário-executivo de Turismo do Estado, Antônio Baptista diz ter feito contatos com as companhias e órgãos de controle reclamando dos preços abusivos. Citou ainda que Pernambuco busca reduzir as tarifas ao conceder reduções no ICMS sobre o querosene de aviação. Para o gestor, a privatização do aeroporto pode ajudar a trazer outras companhias para operar no terminal.

Como o município está próximo da Bahia e do Ceará, representantes da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe) propuseram que prefeitos e vereadores desses Estados sejam convidados para a próxima audiência. A sugestão foi feita pelo assessor parlamentar da entidade, Laércio Queiroz, que também defendeu a mobilização do Consórcio Nordeste. “O preço das passagens aéreas rebate diretamente no modelo de desenvolvimento do Estado”, agregou o presidente da Amupe, José Patriota.

Presidente da Comissão de Desenvolvimento Econômico, o deputado Delegado Erick Lessa (PP) disse que o grupo parlamentar irá cobrar respostas e buscará envolver a sociedade civil e a mídia na discussão. Ele acatou as propostas de encaminhamentos feitas durante a audiência. “Vamos abrir diálogo com outros Estados e chamar representantes da Azul para outro debate, possivelmente em Petrolina, com prefeitos da região”, anunciou.

Aparecida-Go: Servidores da SEMAS recebem Treinamento e Capacitação do BPC

Atualizado por Neto Gaia / ás 15h 50

Fonte: Fonte: Thayza Marins
Foto: Jhonney Macena

Com o objetivo promover um melhor atendimento a pessoas com deficiência e vunerabilidade, servidores da Secretaria de Assistência Social passam por treinamento sobre o Benefício de Prestação Continuada na Escola (BPC). O curso de capacitação acontece nesta quinta-feira, 12 e sexta-feira, 13, no auditório do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC) do  Jardim Luz e é ministrado pelo secretário Especial do Desenvolvimento Social, Walace Dias Freitas.

Segui Após publicidade:

SETOR: SERRA DOURADA `POR TRAZ DO APARECIDA SHOPPING ´(062) 9 8279-3704

Segui >> De acordo com a secretária de Assistência Social e primeira-dama Mayara Mendanha, a capacitação de servidores é de suma importância para que eles possam ofercer um antendimento mais ágil e humanizado.“Passar por este aprendizado é uma forma da gente saber mais sobre o BPC e aplicar nosso conhecimento nos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) com mais eficiência e dinamismo, atendendo melhor nossa população”, explicou Mayara.

Segundo o secretário Especial do Desenvolvimento Social, Walace Dias Freitas, esse trabalho é importante para aproximar os beneficiários dos serviços disponibilizados do Governo Federal e capacitar os técnicos para atuarem juntos à população de crianças com deficiência no município.

“Aqui estamos com os representantes técnicos de CRAS e CREAS de Aparecida para poder capacitá-los para melhor acompanhar os benefíciários dos programas sociais, neste caso, o BPC com deficiência na faixa etária de 0 a 18 anos. Desta forma, garantimos maior acesso e permanência deles na escola e assistência dos serviços sociais e dos orgãos de defesa e direito da criança com deficiência”, explicou Walace Dias Freitas.

BPC na Escola

O BPC na Escola é um programa do Governo Federal, que visa melhorar a qualidade de vida das pessoas com deficiência, de 0 a 18 anos, beneficiárias do programa, garantindo-lhe o acesso e a permanência na escola, por meio de ações articuladas da área de Assistência Social, Educação, Saúde e Direitos Humanos.

Para solicitar o BPC, você deve procurar o CRAS mais próximo da sua casa e se inscrever no Cadastro Único. Caso já esteja cadastrado, faça o agendamento no INSS pelo telefone 135 da Central de Atendimento da Previdência Social (ligação gratuita) ou pela internet, pelo site www.previdencia.gov.br.