Sessão desta quinta (29) deixa Bolsonaro a um voto da inelegibilidade no TSE

Publicado às 16h 35, desta quinta (29)

O placar está em 3 a 1. A expectativas é que o julgamento termine amanhã com a condenação de Bolsonaro por abuso de poder político e uso indevido dos meios de comunicações

por Lucas Toth (para), Neto Gaia

Foto: Alan Santos/PR

Bolsonaro fica a um voto da inelegibilidade depois da sessão desta, quinta (29), no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O placar do julgamento está 3 votos a 1 para tornar o ex-presidente Jair Bolsonaro inelegível.

O presidente do TSE, ministro Alexandre de Moraes, suspendeu o julgamento, que reiniciará na sexta (30), última sessão do plenário no semestre, antes do recesso do meio do ano.

Até agora votaram os ministros Benedito Gonçalves, relator da ação, Raul Araújo, até agora, único ministro a abrir divergência, além dos ministros Floriano Marques e André Ramos.

Na sexta, votaram os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) que fazem parte do TSE, ministra Cármen Lúcia, Nunes Marques e o presidente do tribunal eleitoral, Alexandre de Moraes.

A expectativa é de que Cármen Lúcia e Alexandre de Moraes votem pela inelegibilidade, enquanto o ministro Nunes Marques, indicado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro, vote para inocentar a chapa.

Neto Gaia

Trabalhamos com a verdade; doa em quem doe !

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *