Serra Talhada: Secretario de obras Cristiano Menezes Reage críticas Sobre Barreiras & diz que Estão politizando a Covid-19 em Foco

O Governo de Serra Talhada, através do secretário Citado, não silenciou diante às críticas que vem recebendo, por conta da instalação de barreiras com barro em sete entradas do município, na semana passada. Foram várias acusações e insinuações, boa parte partindo de pré-candidatos a Câmara Municipal.

O estopim para divulgação da nota foi o artigo de opinião do comissário de Polícia Civil, Cornélio Pedro, pré-candidato pelo PSL (Leia aqui). Antes, um outro bolsonarista, também pré-candidato a vereador do PSL, também criticou nas redes sociais os lavatórios instalados na Praça Sérgio Magalhães.

Leia na íntegra a nota assinada por Cristiano Menezes.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

“A pandemia causada pelo coronavírus está mostrando o lado mais solidário das pessoas, ao mesmo tempo que está revelando a pequenez de algumas, que por pura falta de conhecimento ou absoluta má fé, saem criticando absurdamente tudo que é inerente ao serviço público municipal, apenas pelo prazer de fazê-lo, geralmente, de forma irresponsável.

Li com profunda repulsa a opinião do sr. Cornélio Pedro, neste Farol de Notícias. Totalmente desconectado da realidade e se mostrando ser um grande desconhecedor, no tocante a gestão pública, faz insinuações totalmente descabidas para criar um clima de suspeição sobre as ações do Governo Municipal.

Mas, por respeito aos leitores que merecem a nossa atenção, esclareço:

  1. O material utilizado para realização emergencial das barreiras sanitárias é do mesmo local retirado para a área onde será construído o SENAC, pelo simples fato da empresa contratada para realizar o serviço da referida obra está levando diariamente dezenas de caçambas de terra, o que facilitou a operação;
  2. Diferente dos que atacam, o proprietário da empresa disponibilizou o material que já estava sendo retirado da área a que me referi anteriormente e atendeu a nossa solicitação, sem cobrar nenhum centavo por isso, apenas no intuito de ajudar a conter um mal que pode afetar todos nós, o coronavírus.
  1. No total, foram 11 carradas de terra, o que custaria, se fóssemos pagar, cerca de 2 mil reais, muito distante dos 30 mil apontados pelo sr. Cornélio Pedro, que de forma vergonhosa tenta colar na gestão municipal um rótulo contrário ao que versa a legislação que rege a administração pública.

Por fim, faço um apelo aos cidadãos que gostam de utilizar o expediente da calúnia e costumam agir de forma leviana apenas para apresentarem-se aos seus seguidores partidários, que respeitem o momento difícil que estamos vivendo e contribuam para que as pessoas possam passar por tudo isso com menos sequelas, deixem os palanques e as disputas para depois, porque da nossa parte estamos completamente focados em trabalhar, trabalhar e trabalhar para combater o vírus e as fake news, que muitas vezes fazem tanto mal quanto a Covid-19, porque envenenam a alma das pessoas e ocupam o coração com sentimentos que fazem mal à saúde.

Ao empresário Antônio Augusto, que nos cedeu o material no intuito de nos ajudar nessa luta, nossa gratidão. Sua prontidão e solidariedade deve ser exemplo para todos. No mais, vamos nos unir e pedir proteção a Deus para superarmos a pandemia e esse momento de grande dificuldade.

Fonte: Farol de Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *