Serra Talhada: Prefeito Luciano Duque avalia ’82 mm’ de Chuva em Meia hora de transtorno

A ‘pancada de chuva’ que caiu na noite dessa quinta-feira (2) em Serra Talhada não foi normal. De acordo com o Instituto de Pesquisa Agronômico de Pernambuco (IPA), foram 82mm em apenas meia hora, que acabou inundando ruas e casas de vários bairros da capital do xaxado.

Nesta sexta-feira (3), o prefeito Luciano Duque comentou o drama de muitas famílias que tiveram suas residências invadida pelas águas, e, por tabela, culparam a prefeitura pelos danos. Um dos exemplos foi o empresário Antonio Barros, que reside no bairro AABB, que já ameaçou ingressar com uma ação contra a prefeitura (leia aqui).

“Ontem tivemos uma tromba d’água, um verdadeiro dilúvio, acho que jamais visto na história de Serra Talhada. Nos lugarem mais altos teve inundação imagina nos mais baixos. Serra Talhada é uma cidade de geografia complicada. Temos vários locais baixos como várzeas e córregos  que foram ocupados ao longo do tempo. Hoje, por desinformação, acusam o município pelos alagamentos, mas esquecem de dizer que antes de construir essas casas, há 10, 20, 30 anos essas áreas foram ocupadas e aterradas, logo quando cai uma chuva dessa proporção, vamos ter alagamentos e prejuízos”, replicou Duque.

Segundo ele, não tinha como prever uma chuva tão violenta com vários prejuízos. “Há coisas que podem ser previstas. Com relação ao Pátio da Feira, nós previmos que ia ter enchente, agora uma tromba d’água, ela cai em São Paulo, em Paris, Nova Iorque, Recife e trás prejuízos. Não é possível prever. Infelizmente a Defesa Civil e a Secretária de Serviços Públicos de Obras estão levantando os danos.”, disse o prefeito.

Fonte: Farol de Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *