Serra Talhada-PE: Prefeitura já trabalha para resolver alagamento histórico na capital do xaxado

Atualizado às 10⏲️ 40 – desta sexta, 4.

A Prefeitura de Serra Talhada, através da Secretaria de Obras na pessoa do nobre secretário Cristiano Meneses, já trabalha para resolver um alagamento histórico no município 👇

Todas às vezes que chove além da média, moradores da Rua Agostinho Nunes Magalhães, no Centro, sofrem com a inundação de residências e amargam prejuízos.

Nesta semana, durante entrevista ao programa Falando Francamente, na TV Farol, o secretário de Obras, Cristiano Menezes, deu uma boa notícias aos moradores da Agostinho Nunes, e acredita que o drama não irá se repetir.

“A Secretaria de Obras fez várias análises lá, inclusive tinha a solução de indenizar casas para passar a tubulação por dentro, mas graças a Deus a equipe de topografia e os engenheiros encontraram a solução de contornar a rua e interligar uma tubulação naquela que vem do rodeio. Toda água de chuva e de esgoto passa ali na lateral do shopping e por baixo na lateral do Terminal de Passageiros.

A gente vai interligar uma tubulação ali e a gente acredita que para chuvas normais e um pouco anormal, que sempre 142 mm é uma tromba d’água em 40 minutos de chuva é um caos, a gente acredita que com essa solução para chuvas normais e quem sabe até 100 mm esteja totalmente solucionado”, disse Menezes, reforçando:

“O que as pessoas precisam entender lá, inclusive eu expliquei a prefeita Márcia, a gente andando na região e mostrando, é que essa tubulação que passa na lateral do shopping são três tubos de 1 metro e 20 e em determinados pontos de chuvas aqui em Serra Talhada eles trabalham totalmente cheios. Então, essa tubulação que vai chegar nela, em algum momento vai reter a água e vai segurar um pouquinho ainda na Agostinho, mas, para chuvas normais como eu disse, o problema seja totalmente resolvido. São 62m de manilha, a gente acredita que é um investimento de quase R$ 20 mil”.

Fonte: Farol de Noticias ao Portal Neto Gaia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *