RECIFE: Diretórios estadual e municipal do PT cedem e declaram apoio à candidatura de Marília Arraes

Luciano Duque vai defender candidatura de Marília Arraes nesta ...
É lançado a pré-candidatura da deputada federal Marília Arraes à Prefeitura do Recife  (pra isso: contou com Total apoio do prefeito de Serra Talhada; Luciano Duque do PT)

Depois de trabalharem intensamente para rifar a pré-candidatura da deputada federal Marília Arraes (PT) à Prefeitura do Recife em prol da manutenção da aliança com o PSB em Pernambuco, os diretórios estadual e municipal do PT decidiram apoiar o nome da neta do ex-governador Miguel Arraes na eleição deste ano. Presidente do PT-Recife, Cirilo Mota ressaltou, no entanto, que a sigla não pretende fazer oposição aos socialistas no Estado, mas sim reforçar o campo de esquerda no pleito.

Desde o início do ano, o Diretório Nacional do PT lançou o nome de Marília como candidata no Recife, mas as instâncias locais da agremiação, lideradas pelo senador Humberto Costa (PT), resistiam em romper com o PSB. No fim de junho, 37 dos 44 delegados do PT no Recife decidiram que o partido não lançaria candidatura própria na cidade. No dia 26 de julho, o Diretório Estadual petista optou por seguir a decisão da municipal. Na última sexta-feira (31), porém, a Nacional voltou a confirmar a presença da parlamentar na disputa recifense, fato que levou os presidentes estadual e municipal da legenda a se reunirem com a pré-candidata na última segunda-feira (3).

“Esse diálogo é fundamental para fortalecer a unidade no partido e também para avançarmos nas propostas que serão apresentadas aos recifenses com maior intensidade a partir de agora”, afirmou Marília, através de nota, após o encontro com os dirigentes partidários.

Ao Jornal do Commercio, Cirilo Mota disse acreditar que houve uma “intervenção” do Diretório Nacional do PT nos órgãos locais da sigla, mas que a decisão partidária será respeitada. “Seremos um projeto alternativo no campo de esquerda. A gente não sabe se a direita vai ter mais de uma candidatura, então vamos trabalhar para derrotar esse campo político, não faremos oposição ao PSB. A gente acreditava que a melhor tática era a aliança, mas respeita a decisão nacional. Agora vamos nos concentrar em derrotar o projeto da direita”, afirmou.

Ainda de acordo com o presidente, o Diretório Municipal do PT se reunirá no próximo sábado com Marília Arraes para elaborar a tática da campanha da deputada. “Como até então nenhum partido declarou apoio ao projeto do PT, temos que discutir estratégias, possíveis coligações. Por isso marcamos esse novo encontro”, pontuou.

O presidente estadual do PT, deputado estadual Doriel Barros, foi procurado para comentar o caso, mas não quis se pronunciar. O senador Humberto Costa não atendeu às chamadas feitas pela reportagem até a publicação desta matéria.

A segunda-feira também foi marcada por um encontro entre os presidentes nacionais do PT, Gleisi Hoffman, e do PSB, Carlos Siqueira. O teor da reunião não foi divulgado, mas cogita-se que o Recife seria um dos temas principais, uma vez que a candidatura do deputado federal João Campos (PSB) é prioridade no seio socialista. Presente na reunião, o deputado federal José Guimarães (PT) limitou-se a dizer: “Recife já está definido desde a última sexta-feira. Nossa candidata é Marília Arraes”. Siqueira preferiu não falar sobre o encontro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *