POLITICA: Recurso que Envolve Lula na Lava-Jato foi 85% Mais rápido que a Média

Processo levou 71 dias entre protocolo no TRF-4 e entrega do voto pelo relator; análise mais ampla mostra que caso foi 91% mais rápido

Fonte: JORNAL GGN | AO PORTAL NETO GAIA – ÁS 10h 10

 O período inicial de tramitação do processo do sítio de Atibaia (SP), cujo réu é o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, foi mais rápido que o de 85% dos casos da oitava turma da corte, responsável pelos processos da operação Lava Jato.

Informações do jornal Folha de São Paulo indicam que o recurso relacionado ao ex-presidente levou 71 dias entre o momento em que foi protocolado e o fim da elaboração do voto do juiz relator – uma velocidade comparável a um processo envolvendo um homem que foi abordado com 19 rádios automotivos sem notas fiscais ao voltar do Paraguai.PUBLICIDADE

SEGUI APÓS PUBLICIDADE: COM O COORDENADOR POLITICO DA FAMÍLIA GAIA – EM SERRA TALHADA-PE.

O comparativo foi feito a partir de 993 processos que corriam este ano e que foram liberados para revisão (após a conclusão do voto). Porém, uma análise mais ampla – contando os processos que nem sequer tiveram o voto do relator concluído – mostra que o processo envolvendo o ex-presidente foi mais rápido do que 91% das 1.702 ações.

Apesar dessa velocidade, o caso pode retroagir em até nove meses por conta de uma decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) de que réus que não são delatores precisam se manifestar por último em ações penais.

Tal entendimento levou o TRF-4 a agendar um julgamento para amanhã (30), onde será decidido se o caso de Lula deve ter a sentença anulada e voltar à primeira instância. O procurador regional Maurício Gerum, da força-tarefa da Lava Jato, mostrou-se favorável à anulação.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *