Ministro chama senadora de ‘descontrolada’, gera tumulto e se torna investigado pela CPI

Atualizado ás 17⏲️ 15 – desta ter, 21 | conteúdo (G1- Brasilia) agradecemos – ás; 114. 035 visualizações 👁️

Wagner Rosário, da Controladoria-Geral da União, foi convocado para prestar depoimento à Comissão.

Por G1 — Brasília

21/09/2021 16h31  Atualizado há 15 minutos


'Descontrolada', 'moleque': troca de ofensas entre Tebet e Rosário gera confusão na CPI

‘Descontrolada’, ‘moleque’: troca de ofensas entre Tebet e Rosário gera confusão na CPI

https://g1.globo.com/politica/video/descontrolada-moleque-troca-de-ofensas-entre-tebet-e-rosario-gera-confusao-na-cpi-9879062.ghtml

O ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário, chamou a senadora Simone Tebet (MDB-MS) de “descontrolada” durante reunião da CPI da Covid nesta terça-feira (21).

A fala de Rosário gerou tumulto entre os senadores e o ministro deixou a sessão. Logo depois, a pedido do presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM), o relator da comissão, Renan Calheiros (MDB-AL), converteu a condição do ministro de testemunha para investigado.

Rosário fez a declaração após Tebet criticar a postura do ministro em relação ao processo de aquisição pelo governo federal da vacina Covaxin.

A senadora afirmou, durante sua fala, que “a CGU não foi criada para ser órgão de defesa de ninguém”, sugerindo que Rosário atua para atender a interesses do presidente Jair Bolsonaro.

“Temos um controlador que passa pano, deixa as coisas acontecer”, afirmou a ela.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *