INSS: Proposta que facilita empréstimos deve ser apresentada nesta terça

Para estimular economia contra coronavírus, governo pode reduzir juros de empréstimos consignados

INSS; Previdência
INSS: pacote inicial mirava o auxílio a idosos, mais suscetíveis a uma evolução mais grave da doença quando infectados pelo coronavírus. (Germano Lüders/EXAME)

São Paulo — O Conselho Nacional de Previdência irá se reunir na terça-feira para propor a diminuição do teto dos juros do empréstimo consignado para aposentados e pensionistas, no âmbito de medidas anunciadas na semana passada para enfrentamento ao coronavírus, disse o secretário especial de Previdência e Trabalho, Bruno Bianco.

“Amanhã provavelmente a gente já propõe e já deve ter essa redução do teto dos juros do consignado e também ampliação do prazo (de empréstimo)”, afirmou ele a jornalistas, na entrada do Ministério da Economia nesta segunda-feira.

Segue após publicidade: Qual o melhor banco para lhe atender “Na capital do Xaxado”

Você, aposentado pelo INSS, Orgão federal & Estadual | venha para Saraiva Cred >>> aqui, você faz seu consignado e sai com dinheiro e prêmios >>> fácil de chegar >>>> Trabalhamos com crédito pessoal para qualquer pessoa sem limite de idade saindo da padaria da Enoque Inácio de Oliveira >>>>sentido Praça Sérgio Magalhães >>>> entrando no beco dos barbeiros | penúltima loja do seu lado esquerdo, vizinho a Chofreu e Banca Confiança >>> falar com Amanda Lays no (87)996293936. (whatsapp) ou 38316999 ou com Sabrina Kelly no (87)99629-3179(whatsapp) atendemos no consignado clientes até 85 anos

>>>Ele avaliou que a investida não representa um risco de endividamento excessivo para o público alvo porque “o empréstimo consignado tem uma taxa de inadimplência muito pequena”.

Nessa modalidade, o pagamento do empréstimo é descontado diretamente do benefício do INSS.

Além disso, o governo está fechando projeto de lei para aumentar a margem consignável, devendo enviá-lo ao Congresso entre esta segunda e terça-feira, disse Bianco.

Questionado sobre os novos valores a serem definidos, o secretário afirmou que o governo ainda estuda a questão.

Atualmente, o teto dos juros para aposentados e pensionistas é de 2,08% ao mês para empréstimo consignado e de 3,00% para operação com cartão de crédito, com prazo máximo de 72 meses. Esses critérios foram estabelecidos no fim de 2017.

Já a margem consignável — valor máximo da renda do trabalhador que pode ser comprometido com o empréstimo consignado — é de 35% no total, sendo 30% de empréstimo e 5% de cartão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *