Goiás: Prefeito não que Entrar em Colisão com Governo Estado “Diz PRESIDENTE da ACIAG”

Em entrevista à Folha Z, Leopoldo Moreira contou esses e outros detalhes da reunião realizada na tarde desta 3ª (13) para tratar sobre possíveis novas restrições às atividades não essenciais em Aparecida

Gustavo Mendanha (MDB) não quer entrar em rota de colisão com o governador Ronaldo Caiado (DEM) e, por isso, vai esperar a publicação do novo decreto estadual antes de tomar qualquer medida em relação ao isolamento social em Aparecida de Goiânia.

Segue após publicidade em vídeo: Com o pré-candidato a Vereador Roberto Chaveiro.

Segue….

Em entrevista à Folha Z, o presidente da Aciag (Associação Comercial e Industrial de Aparecida), Leopoldo Moreira, contou esses e outros detalhes da reunião realizada na tarde desta 3ª feira (13) para tratar sobre o tema.

Segundo ele, a cidade se antecipou na adoção de medidas protetivas visando o combate ao coronavírus e estaria em uma posição mais favorável do que o restante do Estado.

“Aparecida tem feito um trabalho longo nesse sentido e já houve uma adaptação das empresas quando planejamos a retomada das atividades comerciais no final de abril”, afirmou.

Leopoldo ainda apontou que, considerando essas medidas e a manutenção da baixa ocupação da rede de saúde, talvez não haja necessidade de fechar novamente todas as atividades não essenciais no município.

“Também estamos preocupados com o desemprego e o fechamento de pequenas e médias empresas, principalmente bares e restaurantes”, afirmou.

Ações

A expectativa entre os empresários é que Gustavo Mendanha siga aberto ao diálogo e só tome qualquer nova medida restritiva após análise do decreto estadual e das especifidades de Aparecida.

Mas o presidente da Aciag garantiu que o órgão vai se antecipar lançando um trabalho de conscientização junto às empresas, indústrias e comércios, com uma estratégia de mídia e até carro de som.

“Temos que fazer o dever de casa, mas sem extremismo”, pontuou.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *