Esportes: Ex-técnico de Atlético, Coritiba e Londrina, Valdir Espinosa morre aos 73 Anos

Natural de Porto Alegre, nascido em 17 de outubro de 1947, Valdir Atahualpa Ramirez Espinosa sempre teve seu nome associado ao Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense. Principalmente por ter sido o comandante técnico na maior conquista do clube, o Mundial Interclubes de 1983, o que o eternizou na memória de todos os gremistas.

O ex-técnico Valdir Espinosa morreu nesta quinta-feira aos 72 anos, no Rio de Janeiro. Com passagens por Londrina, Coritiba e Athletico, o ex-treinador teve problemas respiratórios após ser submetido a uma cirurgia no estômago.

Espinosa vinha atuando como gerente de futebol do Botafogo, porém, se licenciou do cargo para fazer a operação.

Carreira

Natural de Porto Alegre, Valdir Espinosa foi revelado no futebol pelo Grêmio. Depois passou por Vitória, CSA e CRB. A sua carreia como jogador foi encerrada no Esportivo-RS.

Como treinador, Espinosa começou no próprio Esportivo-RS, sendo comandante de Renato Gaúcho. Posteriormente, o técnico passou por Ceará e Londrina, onde foi campeão paranaense em 1981.

Na sequência, foi treinador de grandes equipes do futebol brasileiro, como Grêmio, Botafogo, Flamengo, Corinthians, Palmeiras, Fluminense e Vasco. Espinosa comandou também o Coritiba, em 1998, e o Athletico, em 2002. Pelo Furacão, o técnico também foi campeão paranaense.

Fonte: jornalismo Tribuna

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *