Esportes: Atacante Nonato, com passagens pelo Bahia, Goiás e Aparecidense “agora: Recebe o Carinho da torcida do Vitória da Conquista”

Artilheiro do camaleão Goiano, depois de ser o ídolo da torcida do Aparecidense | agora vai focar no futebol baiano (Via | Neto Gaia)

No Vitória da Conquista, Nonato fala do reencontro com o Bahia: 'Estou ansioso'

O duelo entre Bahia e Vitória da Conquista marcada para domingo (26), às 16h, em Pituaçu, pela segunda rodada do Baianão, será especial para o atacante Nonato. Agora vestindo a camisa do Bode, o ídolo da torcida tricolor vai reencontrar com o ex-clube pela primeira vez. Aos 40 anos, ele falou da expectativa para este jogo.

Torcida

“A expectativa é grande. Estou um pouco ansioso, porque nunca joguei contra o Bahia. Vai ser minha primeira vez. Aqui no estado, nunca vesti outra camisa a não ser a do Bahia. Vai ser a primeira vez que estou vestindo a camisa de outro clube e jogar contra um time que tenho o maior respeito, o maior carinho. Foi o time que me revelou para o futebol e a torcida que sempre teve o maior carinho por mim e eu com eles e até hoje esse carinho é enorme. Todas as vezes que eu vou à Salvador sou muito bem recebido pela torcida. Nas redes sociais, que aproxima mais a gente, estamos sempre trocando mensagens. Então vai ser legal esse jogo”, declarou em entrevista ao Bahia Notícias.

Resultado de imagem para fotos da dos torcedores do Vitória da Conquista

Nonato foi revelado pelo Bahia e entrou para a história do clube. Ele é o sétimo maior artilheiro do Tricolor com 125 gols. Sobre balançar as redes do ex-clube, o atacante disse não saber qual será sua reação. “Independente de comemorar ou não, isso não vai tirar o carinho que a torcida tem por mim, nem o meu pela torcida e nem pelo clube. A minha história no Bahia já foi feita, foram 125 gols com muito amor e carinho que eu fiz por esse clube. Vamos ver na hora. É difícil falar com relação a comemorar gol assim, porque nunca joguei contra o principal time que joguei, que mais fiz gols. Minha história no Bahia é muito bonita, então não sei como vai ser minha reação na hora que fizer gol”, afirmou.

A última passagem de Nonato pelo Bahia foi em 2007. Após 13 anos longe do Tricolor, ele disse não conhecer o time sub-23 do Tricolor, mas uma coisa ele não esqueceu que é a força que vem das arquibancadas. “Sei da força da torcida quando jogava. O Vitória da Conquista sabe também, já se enfrentaram em final de campeonato. E o Vitória da Conquista sentiu na pele naquele jogo de 2015, onde venceu o primeiro jogo por 3 a 0 e tomou seis no segundo jogo. A gente sabe que o apoio da torcida faz uma grande diferença. A força da torcida é a principal arma e o time vai junto no embalo”, destacou. “Vai ser um jogo difícil, complicado. Jogar no Bahia é uma responsabilidade muito grande, tem o peso da camisa. Então vai ser um jogo muito difícil”, finalizou.

Resultado de imagem para fotos de Nonato no Vitória da Conquista
Resultado de imagem para fotos de Nonato no Vitória da Conquista
'A Dupla é Minha': Com aposta na base e em Nonato, Vitória da Conquista pode surpreender
‘A Dupla é Minha’: Com aposta na base e em Nonato, Vitória da Conquista pode surpreender

Na primeira rodada do Baianão, tanto o Vitória da Conquista quanto o Bahia empataram os seus compromissos.

Via | Edição: torcedores do Vitória da Conquista, acreditam no atacante Nonato.

Fonte: jornalismo esportivo | BN esportes (por: Leandro Aragão)
Foto: Divulgação / Vitória da Conquista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *