Em Serra Talhada, mais de 100 pessoas foram às ruas; em defesa das mulheres

Atualizado às 17📷 56 | Fonte: Giovanni Sá✍️ Farol de Noticias

Segui após publicidade 👇

Segui 👉

Cerca de 120 pessoas, entre homens, mulheres, crianças e idosos percorreram 2,5 km pelas ruas de Serra Talhada, nesse domingo (5), na  Caminhada da Família – Diga não à violência contra a mulher. A caminhada foi promovida pela Secretaria de Assistência Social, Mulher e Cidadania, através da Secretaria Executiva da Mulher em parceria com o Curso Domínio, Secretaria de Esportes, Secretaria de Saúde e o Centro de Atendimento a Mulher (CEAM).

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é IMG-20211205-WA0058.jpg

Mesmo as expectativas da Secretaria de Executiva da Mulher sendo superior ao número de participantes, através da Caminhada da Família, conseguiram arrecadas 162 kg de alimentos e 6 latas de óleo.  As inscrições custavam 2kg de alimentos. Todos os produtos serão doados para mulheres vítimas de violência de Serra Talhada.

”A gente esperava um pouco mais de participantes, mas com a pandemia, principalmente com o aumento de casos em Serra Talhada, muita gente não ia, esperávamos que fosse umas 200 pessoas, mas temos o entendimento que é preciso as pessoas se resguardarem. Seguimos todos os protocolos, fizemos 100 testagens lá no local, houve máscara reserva para troca durante a caminhada. Após a caminhada, Rose Silva, coordenadora do CEAM, fez um discurso. Foi muito positiva, recebemos muita interação do público, despertou curiosidade”, comemorou Vera Gama, secretária-Executiva da Mulher, que aproveitou para agradecer.

”Agradecemos a secretária Karina Rodrigues, a prefeita Márcia Conrado, pelo apoio nesse projeto, a Dr. Waldir Tenório que também participou e fez avaliação cardiológica nos participantes, a Nailson Gomes à frente da Secretaria de Esportes, a Dona Lisbeth pelas testagens e a Francioly e toda a equipe do Colégio e Curso Domínios que participaram. Essa caminhada já acontece em outros municípios, aqui foi nossa primeira, mas queremos dar continuidade nos anos seguintes”, completou Vera.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *