Comissão aprova projeto que prevê exame médico pelo SUS para candidato de baixa renda em concurso público

ATUALIZADO ÀS 10⌚ 30 | CONTEÚDO: AGÊNCIA CÂMARA NOTICIAS PARA NETO GAIA

Segui após publicidade | em Setor Bela Vista ( – ) Taguaralto-To 

(Rua: Nc 11 Qd 👉 33 | 62 9 8116-2170) (Marco: Cabelereiro)

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 4924/20, que assegura aos candidatos reconhecidamente de baixa renda o direito a realizar, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), exames médicos solicitados em concursos públicos.

O relator, deputado Mauro Nazif (PSB-RO), recomendou a aprovação. “É preciso ponderar que a decisão de impor condições rigorosamente iguais de acesso a cargos efetivos e a empregos permanentes não levou em conta o desequilíbrio estrutural da sociedade brasileira”, disse o parlamentar no parecer aprovado.

Mauro Nazif apresentou três emendas, todas aprovadas pela comissão, com o objetivo de promover ajustes no texto. Uma delas prevê que o candidato poderá permanecer no concurso caso haja atraso nos resultados, a menos que os exames sejam necessários para provas de aptidão física ao cargo pleiteado.

Segundo o autor da proposta, deputado Paulo Bengtson (PTB-PA), em alguns casos o candidato se depara com os valores dos exames médicos necessários para o prosseguimento no concurso e, “por não possuir recursos para custeá-los, corre o risco de perder todo o investimento”.

Tramitação
O projeto tramita em caráter conclusivo e ainda será analisado pelas comissões Seguridade Social e Família; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

Reportagem – Ralph Machado
Edição – Marcia Becker

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.