China afrouxa restrições a viagens em Hubei, o local de origem do coronavírus

Funcionários desinfectam estação de trem de Wuhan, na China, em 24 de março de 2020 — Foto: Cnsphoto via Reuters

https://g1.globo.com/mundo/noticia/2020/03/24/china-afrouxa-restricoes-a-viagens-em-hubei-o-local-de-origem-do-coronavirus.ghtml

Funcionários desinfectam estação de trem de Wuhan, na China, em 24 de março de 2020 — Foto: Cnsphoto via Reuters

O governo da China vai permitir viagens na província de Hubei, o local onde a pandemia de coronavírus se originou, e as pessoas poderão deixar a área, de acordo com um anúncio da comissão de saúde do local.

Segui publicidade:

Secretária de Saúde | Márcia Conrado “Serra-talhadenses: Continuamos em casa, vamos vencer essa enfermidade”

A epidemia na região melhorou, mas outras províncias na China vão aumentar os controles.

–:–/–:–

Cidades da China começam a retomar vida normal aos poucos

Cidades da China começam a retomar vida normal aos poucos

Quem tiver autorização de saúde para poder viajar poderá sair de Hubei a partir do dia 25 de março, de acordo com a comissão.

A capital da província, Wuhan, onde o vírus apareceu pela primeira vez, vai permitir viagens a partir do dia 8 de abril. A cidade estava isolada desde o dia 23 de janeiro.

Um dos riscos na China agora são as infecções vindas de fora. Em grandes cidades, como Pequim, aumentaram as medidas de testes e quarentena.

Na segunda-feira, a China anunciou 78 novos casos. É o dobro da véspera. Dessas infecções, 74 vieram de outros países.

A capital Pequim é a mais atingida. Foram 31 casos “importados”.

As transmissões domésticas caíram no país. Foram quatro notificações –uma delas em Wuhan. Antes disso, a província havia ficado cinco dias sem nenhum novo caso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *