AparecidaPrev: Finaliza Censo previdenciário e se prepara para o Futuro

Município apresenta saldo previdenciário de R$ 370 milhões e busca manter saúde fiscal para as próximas décadas

O Instituto de Previdência de Aparecida de Goiânia (AparecidaPrev) apresentou na manhã desta sexta-feira, 20, o resultado do Censo Previdenciário do município. Participaram da apresentação do censo o prefeito em exercício, Veter Martins, o presidente do AparecidaPrev, Adriano Montovani, além do procurador-geral do Município, Fábio Camargo, secretário da Fazenda, André Rosa, e Cristiane Diniz, da WebPrev.

Segue publicidade | Em Aparecida de Goiânia:

O recadastramento é realizado conforme a Lei 10.887/2004, que dispõe sobre a obrigatoriedade da unidade gestora do Regime Próprio de Previdência dos Servidores, a atualizar os dados dos servidores ativos e inativos a cada cinco anos. Servidores públicos vinculados à administração municipal foram convocados à atualização cadastral no período de 10 de setembro a 29 de novembro de 2019. Foi realizado o recadastramento de 7.384 pessoas, sendo 6.471 servidores ativos, 733 aposentados, 180 pensionistas. Dados do instituto revelam que 75% são mulheres e 25% homens.

O prefeito em exercício, Veter Martins, afirmou que o município possui superávit previdenciário e que a atualização cadastral dos servidores é importante para manter o pagamento dos benefícios. “Aparecida hoje possui superávit previdenciário e isso precisa ser mantido no futuro. Nosso objetivo é o de sempre honrar com o pagamento dos servidores vinculados a administração municipal. Com base na atualização das informações é possível, por exemplo, evitar fraudes e problemas de pagamento do benefício no futuro”.  

O presidente do AparecidaPrev, Adriano Montovani, afirma a importância do Censo Previdenciário para o município. “Nossa cidade tem levado a questão previdência de forma muito séria. É por meio do recadastramento que vamos ter embasamento concreto para as futuras decisões do instituto e que nós vamos conseguir tomar as decisões pensando no futuro, de como que vamos ter recursos para fazer o pagamento desses aposentados”, completou ele ao afirmar que o município possui salvo previdenciário de R$ 370 milhões.  

Para a assessora jurídica Cristiane Jacinto Diniz o censo serve para um planejamento previdenciário do instituto. O censo é feito para embasar o cálculo atuarial para que o instituto saiba se o que ele recebe hoje de contribuição vai dar para se manter nas próximas décadas. O censo é obrigatório por lei e o município de Aparecida saiu na frente, foi inovador na realização do censo, e com isso o AparecidaPrev tem agora o perfil descritivo do servidor. O instituto com isso está se preparando para o futuro e seguindo as normas da lei”.

AparecidaPrev

O AparecidaPrev é a autarquia responsável pelo recolhimento, gestão e aplicação das contribuições previdenciárias para o fundo da previdência, sendo que este financiamento é composto por alíquotas de 11% sobre o rendimento de servidores ativos e 11,5% de contribuições patronais (Prefeitura e Câmara Municipal). Outra importante forma de financiar a previdência se dá por meio de uma gestão qualificada dos recursos patrimoniais, que se resume em poupanças ou reservas para honrar os compromissos futuros da autarquia com os pagamentos de aposentadorias e pensões de quem ainda está ativo.

Fonte: Rafael Freitas
Foto: Claudivino Antunes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *